Primeira Classe

SUVs compactos têm líder inédito em 2018

Pela primeira vez no ano, carro da Hyundai lidera segmento

Rafaela Borges

31 de jul, 2018 · 8 minutos de leitura.

Hyundai Creta SUVs compactos" >
Hyundai Creta
Crédito: Foto: Felipe Rau/Estadão

Não deu para o Jeep Renegade. No início de julho, o carro dava a impressão de que iria para seu terceiro mês seguido na liderança de vendas do segmento de SUVs compactos. Porém, agora já é praticamente certo: não desta vez.

LEIA MAIS

O segmento de SUVs compactos deverá ter, em julho, sua quarta alternância na liderança em 2018. O primeiro lugar já passou pelas "mãos", além do Renegade, do HR-V e do Kicks.

 

CONHEÇA MEU PERFIL NO INSTAGRAM

Um dia chuvoso pode ficar bem mais legal com uma Ferrari F12tdf. Esta é a versão mais insana da F12 Berlinetta. Com motor V12 naturalmente aspirado de 780 cv, a máquina acelera de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos. #BoaNoite 😀😁 📷 @mateo.r.photography #ferrari #f12 #berlinetta #car #carro #instacar #instadaily #lifestyle #luxury #luxo #job #fun #supercar #fast #speed #carlovers #love

Uma publicação compartilhada por Rafaela Borges (@rafaelatborges) em

Agora, chegou a vez do Hyundai Creta. Nos últimos dias, o carro veio ganhando força na liderança dos SUVs compactos.

De 1º a 27 de julho, ele somou 3.775 unidades vendidas. Faltando apenas dois dias úteis para o fechamento do mês (30 e 31), já abriu ampla vantagem para o segundo colocado.

O vice-líder dos SUVs compactos em julho é justamente o Renegade, com 3.492 emplacamentos.

A vantagem de 283 exemplares para o Hyundai é, em condições normais, suficiente para garantir ao modelo a liderança dos SUVs compactos neste mês.

Porém, há sempre a chance de a Jeep fazer uma "mega" venda no atacado nos dois últimos dias. Essa é a única chance de a história virar até quarta-feira, 1º de agosto.

Só o Renegade tem condições, ainda que remotas, de ultrapassar o Creta. O terceiro SUV compacto mais vendido, Honda HR-V, está bem atrás, com 2.876 emplacamentos.

A briga de HR-V com o quarto colocado, Kicks, ainda pode ter alguma emoção até o fim do mês. Isso porque o Nissan está muito próximo, com 2.812 emplacamentos.

Outro próximo do Honda e do Nissan é o EcoSport. Com 2.768 unidades vendidas de 1º a 27 de julho, o Ford poderá ter seu melhor mês de vendas em 2018.

O Captur, que vem avançando no segmento de SUVs compactos, deve mesmo confirmar o resultado da primeira quinzena e ultrapassar o Tracker. Até o dia 27, o Renault, sexto mais emplacado, somou 2.280 unidades comercializadas, ante as 2.170 do Chevrolet, sétimo.

O oitavo SUV compacto mais emplacado foi o Duster (1.984), seguido por WR-V (1.020) e 2008 (701).

Considerando todo o segmento de SUVs (somando médios e grandes), o mais vendido em julho é o Compass. O Jeep médio registrou 4.805 exemplares emplacados até agora.

VEJA TAMBÉM: CARROS QUE SERÃO LANÇADOS ATÉ O FINAL DE 2018

 

SUVs compactos e a briga pela liderança

O bom desempenho do Creta significa que a demanda do público aumentou? Ou que a Hyundai fez uma ação especial de vendas? Nada disso.

Significa que a briga pela liderança dos SUVs compactos ficará cada vez mais acirrada no segundo semestre do ano. Difícil cravar qual será o vencedor.

O Creta teve alguns momentos ruins no início do ano, chegando a ficar na quarta colocação da categoria. A Hyundai tem restrições de produção em sua fábrica de Piracicaba (SP). Mês a mês, acabam sofrendo ou o SUV, ou um dos modelos da linha HB20. Um compensa o outro.

Em julho, porém, os três modelos da Hyundai feitos no interior de São Paulo foram bem. Isso pode indicar que, em agosto, um deles vai acabar caindo (por causa de redução de produção). Se for o Creta, ele se distancia um pouco da briga pelo primeiro lugar. Porém, não está descartado.

Desde o início de 2018, o HR-V vem conseguindo manter o primeiro lugar da categoria de SUVs compactos no acumulado do ano. Mesmo sempre ameaçado por um rival, ele ainda não foi ultrapassado.

De 1º de janeiro a 27 de julho, o Honda somou 26.025 emplacamentos. Sua colocação vem sendo mantida graças ao excelente desempenho no varejo (para o cliente final). Os rivais, em algum momento, acabaram dependendo muito do atacado.

Isso já ocorreu com o Kicks e, principalmente, com o Renegade. Quando suas marcas não conseguem grandes contratos no atacado (com empresas e locadoras, por exemplo), seus emplacamentos tendem a cair. Já o público do HR-V é mais cativo.

Outros jogadores

O segundo colocado no acumulado é o Renegade, que conseguiu ultrapassar o Kicks. Ele somou até agora 24.921 emplacamentos.

Dos SUVs compactos, o Jeep é o mais dependente das vendas diretas. Elas representam mais de 50% de seus emplacamentos. Isso é ruim para quem almeja a liderança.

Porém, o desempenho no atacado do Renegade já mostrou que não é algo sazonal. Ele liderou a categoria dois meses seguidos, e está indo muito bem em julho também. Não dá para descartá-lo na briga pelo primeiro lugar.

Para o Kicks, será mais difícil conquistar o posto de mais vendido entre os SUVs compactos. Seu melhor mês foi o de março. Com 5.531 emplacamentos, ele ficou à frente até de Compass.

Depois disso, porém, foi perdendo espaço, embora ainda vá muito bem - sempre entre a terceira e a quarta colocações, com visitas à vice-liderança. No acumulado do ano, é o terceiro mais vendido, com 24.649 emplacamentos.

O quarto candidato, Creta, tem 23.927 exemplares comercializados neste ano (até 27 de julho). Como já falamos acima, os problemas de produção podem atrapalhar o Hyundai.

Newsletter Jornal do Carro - Estadão

Receba atualizações, reviews e notícias do diretamente no seu e-mail.