Produção de motos cresce 5,6% em novembro

Alta foi de 18,2% na comparação com novembro do ano passado. No acumulado do ano, setor teve queda de 4,8%

CRÉDITO: HONDA

A produção de motos em território nacional cresceu 5,6% em novembro em comparação com outubro. Ao todo, foram 83.106 veículos fabricados, contra 78.670 do mês anterior. Com relação a novembro do ano passado, que teve 70.320, o crescimento foi de 18,2% . Os dados são da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares).

O desempenho da indústria neste final de ano ameniza o prejuízo ao longo de 2017. Isso porque, nas vendas acumuladas, o setor ainda apresenta um recuo de 4,8%. De janeiro a novembro de 2017, foram produzidas 813.868 motos. Já nos primeiros onze meses de 2016, a quantidade foi de 854.839.

De acordo com a Abraciclo, os últimos dados melhoraram as expectativas para 2018, com projeção de aumento de 5,1% no volume de produção. “Este cenário confirma que teremos pela frente um ano com resultados mais positivos e o início da retomada da indústria de motocicletas”, afirmou o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian.

Atacado e varejo

As vendas realizadas apenas no atacado (para as concessionárias) tiveram alta de 5% na comparação com outubro (73.069, contra 69.620). O aumento foi de 23,4% com relação ao mesmo mês do ano passado (59.194). Nos onze meses de 2017, a queda foi de 7%. De janeiro a novembro deste ano, foram repassadas às lojas 746.039 unidades contra 802.127 em igual período de 2016.

Contudo, as vendas para o varejo não foram animadoras no mês. Foram 65.277 motocicletas emplacadas em novembro, uma queda de 4,3% ante as 68.236 de outubro. Com relação a novembro de 2016, que teve 69.122, o recuo foi de 5,6%. No acumulado dos onze meses, houve redução de 5,5%. Foram 773.576 licenciamentos em 2017 e 818.597 no ano passado.

Exportações

Já as exportações terminaram novembro com recuo de 1,1% em novembro na comparação com outubro. Foram 7.677 unidades contra 7.761 do mês anterior. Em contrapartida, na comparação com novembro de 2016 (3.957) a alta foi de 94%.

Neste caso, também houve crescimento no acumulado dos onze meses. Os embarques de motos para o exterior aumentaram 41,9% (74.682 neste ano, contra 52.620 em 2016. O país que mais recebeu os veículos foi a Argentina, destino de 65,4% do total. A Colômbia ficou em segundo, com 9,5% de participação.

Recorde em Scooters

Enquanto o setor comemora o início da retomada, o segmento de scooters bateu o recorde histórico de vendas em 2017. Com 53.284 unidades vendidas até novembro, a quantidade já superou 2014, até então o melhor ano, com 42.491 comercializadas.

A expectativa é que o segmento feche o ano com 58.600 unidades. Isto representaria uma alta de 57,1% na comparação com o ano passado (37.293).

 

VEJA TAMBÉM: MOTOS POPULARES QUE NÃO TEMOS NO BRASIL

Seminovos

Confira as melhores ofertas do Autoline.com.br


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas