Notícias

BMW vai produzir motores a combustão fora da Alemanha

BMW vai transferir a montagem de motores de combustão para a Áustria e a Inglaterra para se dedicar à produção de veículos elétricos

Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

19 de nov, 2020 · 3 minutos de leitura.

BMW-M235i-motor" >
BMW vai encerrar a produção de motores a combustão na Alemanha e se dedicar aos veículos elétricos
Crédito:BMW/Divulgação

A Alemanha anunciou um plano robusto para estimular a eletrificação dos veículos. O projeto prevê a injeção de 3 bilhões de euros nas fábricas locais. E a BMW aproveitou o ensejo para anunciar sua reforma. A empresa não vai mais produzir motores a combustão no país.

A fábrica de Munique, onde fica a sede da montadora, receberá um investimento de 400 milhões de euros até 2026 para produzir veículos elétricos e componentes. Com a mudança, a montagem dos motores de 4, 6, 8 e 12 cilindros será transferida para a Áustria e a Inglaterra.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

No comunicado, a montadora informa que os motores de 8 e 12 cilindros passarão a ser produzidos na fábrica de Hams Hall, na Inglaterra. Enquanto isso, os demais propulsores de 4 e 6 cilindros serão fabricados na unidade de Steyr, na Áustria.

No comunicado divulgado na quarta-feira (18), Milan Nedeljkovic, membro do conselho da BMW responsável pela produção, disse que as fábricas já produzirão modelos elétricos em breve. “Até o final de 2022, todas as nossas fábricas alemãs produzirão pelo menos um carro totalmente elétrico”.

Este é o conceito do elétrico i4, apresentado neste ano pela marca (BMW/Divulgação)

Gama de elétricos

O anúncio da BMW, evidentemente, ocorre em paralelo ao desenvolvimento de novos produtos. Para os próximos anos, a montadora planeja lançar, por exemplo, versões totalmente elétricas dos sedãs de luxo Séries 5 e 7. Os modelos serão produzidos em Dingolfing.

Já a unidade de Regensburg vai montar o SUV X1 em versão a eletricidade. E a fábrica de Munique, a mais importante do grupo, será a responsável pela produção do i4. Por essa razão, as unidades localizadas na região da Bavária concentrarão os investimentos.

Até a virada de 2022 para 2023, todas as fábricas alemãs da BMW farão ao menos um carro elétrico.