Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

19/11/2020 - 3 minutos de leitura.

BMW vai produzir motores a combustão fora da Alemanha

BMW vai transferir a montagem de motores de combustão para a Áustria e a Inglaterra para se dedicar à produção de veículos elétricos

BMW-M235i-motor
BMW vai encerrar a produção de motores a combustão na Alemanha e se dedicar aos veículos elétricos Crédito: BMW/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Alemanha anunciou um plano robusto para estimular a eletrificação dos veículos. O projeto prevê a injeção de 3 bilhões de euros nas fábricas locais. E a BMW aproveitou o ensejo para anunciar sua reforma. A empresa não vai mais produzir motores a combustão no país.

A fábrica de Munique, onde fica a sede da montadora, receberá um investimento de 400 milhões de euros até 2026 para produzir veículos elétricos e componentes. Com a mudança, a montagem dos motores de 4, 6, 8 e 12 cilindros será transferida para a Áustria e a Inglaterra.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

No comunicado, a montadora informa que os motores de 8 e 12 cilindros passarão a ser produzidos na fábrica de Hams Hall, na Inglaterra. Enquanto isso, os demais propulsores de 4 e 6 cilindros serão fabricados na unidade de Steyr, na Áustria.

No comunicado divulgado na quarta-feira (18), Milan Nedeljkovic, membro do conselho da BMW responsável pela produção, disse que as fábricas já produzirão modelos elétricos em breve. “Até o final de 2022, todas as nossas fábricas alemãs produzirão pelo menos um carro totalmente elétrico”.

Este é o conceito do elétrico i4, apresentado neste ano pela marca (BMW/Divulgação)

Gama de elétricos

O anúncio da BMW, evidentemente, ocorre em paralelo ao desenvolvimento de novos produtos. Para os próximos anos, a montadora planeja lançar, por exemplo, versões totalmente elétricas dos sedãs de luxo Séries 5 e 7. Os modelos serão produzidos em Dingolfing.

Já a unidade de Regensburg vai montar o SUV X1 em versão a eletricidade. E a fábrica de Munique, a mais importante do grupo, será a responsável pela produção do i4. Por essa razão, as unidades localizadas na região da Bavária concentrarão os investimentos.

Até a virada de 2022 para 2023, todas as fábricas alemãs da BMW farão ao menos um carro elétrico.



Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais