Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

09/02/2021 - 5 minutos de leitura.

Cancelado: Hyundai e Kia não vão mais produzir carro elétrico da Apple

Após indicar acordo com a marca da maçã, Hyundai recua, sai do projeto do carro elétrico com a Kia e perde US$ 8,5 bilhões em valor de mercado

Hyundai Ioniq
Hyundai lança a marca Ioniq de carros 100% elétricos Crédito: Hyundai/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A notícia surgiu em janeiro e logo repercutiu. A Hyundai estaria próxima de anunciar um extenso acordo de cooperação com a Apple, para produzir o carro elétrico e autônomo da marca da maçã. Entretanto, a parceria — que sequer foi anunciada pelas empresas — não vai mais acontecer.

Um mês depois dos primeiros rumores, a Hyundai e a Kia Motors anunciaram que estão em negociação com várias empresas de tecnologia para desenvolver um carro elétrico e autônomo. Ou seja, não há nada certo com a Apple, o que fez as sul-coreanas perderem valor de mercado.

O iminente fim das conversas com a Apple provocou uma fuga de investidores. A Hyundai viu seus papéis recuarem 6,2%, uma perda de US$ 3 bilhões. Já a Kia, que seria responsável por produzir o carro da maçã, viu suas ações encolherem 15%, um prejuízo calculado em US$ 5,5 bilhões.

Carro da Apple não será feito pela Hyundai
Apple/Divulgação

Maior aplicação da história da Apple

Embora as conversas não tenham avançado, os planos pareciam encaminhados. O carro da Apple seria feito, então, pela Kia Motors na fábrica da Geórgia, nos Estados Unidos, com capacidade para entregar 100 mil unidades por ano. O cronograma previa o seu lançamento até 2024.

O veículo nasceria, assim, da nova plataforma modular E-GMP, exclusiva para os carros elétricos do grupo Hyundai-Kia. Do lado da Apple, estava previsto o maior investimento da história da marca da maçã. Uma aplicação, portanto, de US$ 3,6 bilhões no projeto e nas instalações da Kia.

No entanto, de acordo com a agência Bloomberg, Apple e Hyundai interromperam (secretamente) as negociações para o projeto do carro elétrico há algumas semanas. Um dos motivos teria sido o vazamento da negociação pelos sul-coreanos, o que desagradou os executivos da maçã.



Hyundai Australia vaza imagem de IONIQ 5, futuro elétrico da Hyundai
Divulgação/Hyundai

“Fabricante de peças da Apple”

Com a enorme expectativa criada em torno do carro da Apple, a Hyundai passou, então, a tratar o tema com cautela. Em entrevista à agência Reuters, um executivo da marca sul-coreana, que pediu anonimato, questionou a parceria. “Não somos uma empresa que fabrica carros para terceiros”.

A leitura é de que o posicionamento da Hyundai e da Kia como fornecedoras da Apple seria equivalente ao da Foxconn, a empresa que produz peças para a marca da maçã. E isso pode atrapalhar os planos da marca com sua linha de carros elétricos e a marca de luxo Genesis.

Uma outra fonte anônima ligada à Hyundai fez a mesma análise. “Uma cooperação pode, inicialmente, ajudar a elevar a imagem das marcas Hyundai e Kia. Contudo, a médio ou longo prazo, forneceremos apenas carrocerias para os carros. Enquanto a Apple cuidaria dos cérebros”.

No fim, tudo não passou de uma especulação onde quem perdeu mais foram os sul-coreanos. Agora, fica a expectativa em relação ao futuro parceiro da Hyundai-Kia na criação de carros elétricos e autônomos. O grupo promete anunciar novidades nos próximos meses.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


OFERTA EXCLUSIVA

Hyundai Creta Prestige 2.0 AT