Você está lendo...
Carros usados: vendas voltam a crescer com Gol e Palio no topo do ranking
Mercado

Carros usados: vendas voltam a crescer com Gol e Palio no topo do ranking

As vendas de carros usados recuaram 23% desde janeiro, mas voltaram a subir em abril com Gol, Palio e Corolla no ranking; veja o "top 10"

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

09 de mai, 2022 · 5 minutos de leitura.

vendas usados VW Gol
VW Gol é um dos modelos que pode ser encontrado por menos de R$ 30 mil
Crédito:Divulgação/Volkswagen

Embora as vendas de carros usados e seminovos tenham recuado 13,5% em abril, a média diária aumentou 5,6%. É o que aponta o relatório mensal da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto). Um dos motivos é o menor número de dias úteis - abril teve 19, enquanto março teve 22 dias úteis. Mas não é só. A falta de chips continua a parar fábricas no País, e, assim, reduzir os estoques de novos.

Tem ainda um terceiro ponto. Com as novas leis de emissões do Proconve L7, vários modelos foram aposentados ou precisaram de atualizações. Dessa forma, as marcas correram para esgotar os estoques e atualizar a gama para as novas regras. Por tudo isso, o quarto mês de 2022 fechou com total de 675.328 unidades vendidas. Ou seja, 13,7% a menos que em março, que teve 782.410 vendas. Isso para automóveis e comerciais leves, nos números da Fenabrave.



Vendas de carros usados encolheram em 2022

Mas a situação se agrava bastante na comparação com as vendas no acumulado do ano. Enquanto 2021 comercializou 3.484.170 automóveis e comerciais leves entre janeiro e abril, os quatro primeiros meses de 2022 não passaram das 2.678.836 unidades. Uma queda de 23%.


usados
Valeria Gonçalvez/Estadão

Para o presidente da Fenauto, Enilson Sales, "De maneira geral, o consumidor está cauteloso em suas decisões de compra e endividamento. Ele prefere observar o desempenho da economia, crescimento da inflação, taxa de juros e o oferecimento de crédito. Mas acreditamos que o desempenho das vendas deve se manter estável até o final do ano", pondera.

Questionado pelo Jornal do Carro sobre perspectivas para 2023, Sales explica que o ritmo não é de otimismo. "Hoje, o mercado enfrenta alguns desafios, como a instabilidade de uma eleição polarizada e a própria Guerra (entre Rússia e Ucrânia), que respinga nos demais continentes, inclusive no nosso". Entretanto, ele acredita em "um fechamento de 2022 próximo ao de 2021, com cerca de 15 milhões de unidades vendidas no mercado de novos e usados".




Os modelos

Falando dos modelos em si, o Volkswagen Gol, como de praxe, ocupou o topo do pódio como o mais vendido de abril. No total, teve 50.770 unidades comercializadas no mês. O segundo lugar ficou com o Fiat Palio (30.278) e o terceiro, com o Fiat Uno (29.233).

vendas
Tiago Qur/Estadão

Os dados da Fenabrave mostram, ainda, que a lista de usados é composta basicamente por modelos de Chevrolet/GM, Fiat, Ford e Volkswagen. O Toyota Corolla é o único carro médio no "top 10", e também o que foge à regra e não pertence ao antigo grupo das "quatro grandes", que dominou as vendas no País por décadas. Confira abaixo o ranking de abril.


Os dez carros usados e seminovos mais vendidos de abril:

1º) Volkswagen Gol - 50.770
2º) Fiat Palio - 30.278
3º) Fiat Uno - 29.233
4º)- Fiat Strada - 20.207
5º) Chevrolet Celta - 18.262
6º) Chevrolet Onix - 17.772
7º) Volkswagen Fox - 15.553
8º) Toyota Corolla - 15.193
9º) Ford Ka - 14.843
10º) Chevrolet Corsa - 14.138

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se