Você está lendo...
Dodge Challenger e Charger 2019 têm leve mudança e cor icônica
Notícias

Dodge Challenger e Charger 2019 têm leve mudança e cor icônica

Dodge Challenger e Charger 2019 retomam cor verde utilizada pela última vez em 1970; modelos ganharam novos itens e mudanças em capô e grade

Redação

02 de fev, 2019 · 3 minutos de leitura.

challenger
DODGE CHALLENGER E CHARGER RETOMAM ICÔNICA COR VERDE "SUBLIME"
Crédito:

A linha 2019 do Challenger e do Charger será a atração da Dodge durante o Salão de Chicago, em fevereiro, nos Estados Unidos. Uma das novidades é o retorno da icônica cor Sublime - um tom de verde limão facilmente visto à distância.

O motivo do alarde é porque ela apareceu pela última vez na paleta de cores, como uma opção para qualquer versão, em 1970. Ela vez duas pequenas aparições em séries especiais, em 2015 para o Challenger e em 2007 no Charger R/T Daytona. Isso significa que será possível encomendar várias versões, como os Charger Scat Pack e SRT Hellcat e o Challenger Widebody.

A SRT Hellcat do Challenger retorna ao mercado com seus 726 cv extraídos do motor V8 com compressor mecânico (supercharger). Para ele e o Charger Hellcat, o capô agora traz duas entradas de ar (scoops), inspirado no Dart Swinger de 1970.


O Challenger GT recebeu o pacote Super Track que traz capô Performance, saia no para-choque dianteiro e, pela primeira vez, o motor V6 3.6 Pentastar, geralmente usado só nas versões de entrada - e mais baratas.

VEJA IMAGENS DO RIVAL FORD GT500 SHELBY:


Leves mudanças

O Charger recebeu melhorias no chassi com base em itens de competição. Já para o Charger Scat Pack e o SRT Hellcat entram como itens de série controle de largada com novo botão para acionar e o line lock - que trava as rodas da frente para fazer burnout.

No RT/ Scat Pack há ainda uma nova grade dianteira com duas entradas de ar e o sistema "Torque Reserve", para arrancadas. Ele muda a passagem de combustível em direção aos cilindros para encurtar ao fechar a válvula Bypass, enquanto fecha o supercharger antes de uma largada, reduzindo o stress sobre os freios e poupando os pneus.


 

Deixe sua opinião