História

Lamborghini lança série de vídeos para celebrar 50 anos do superesportivo Countach

Primeiro vídeo traz a participação de Marcello Gandini, designer que criou o visual inconfundível do Lamborghini Countach, que marcou época

Redação, Com Luis Filipe Santos, especial para o Jornal do Carro

18 de jul, 2021 · 5 minutos de leitura.

Lamborghini Countach" >
Lamborghini lança série de vídeos para celebrar os 50 anos do lançamento do icônico superesportivo Countach
Crédito: Lamborghini/Divulgação

A Lamborghini lançou uma série de vídeos em suas redes sociais para celebrar os 50 anos do lançamento do superesportivo Countach, um dos modelos mais importantes da sua história. O primeiro episódio (veja abaixo) conta com a presença do designer Marcello Gandini, simplesmente o criador do visual futurista e singular do Countach. A websérie terá mais três episódios, sempre às segundas-feiras.

No vídeo, Gandini explica que a inspiração para desenhar o Lamborghini Countach veio, então, de muitas mudanças que ocorriam na época. Dentre elas, a corrida espacial entre Estados Unidos e Rússia, bem como a criação dos primeiros supercomputadores.

Da mesma forma, influenciaram também a preferência por motivos geométricos e as muitas cores no design. Assim, o cupê abandonou as formas curvas dos anos 60, e apresentou linhas agudas e afiadas. Outra novidade foram as portas, com abertura vertical.

Motor V12 e zero a 100 km/h em 5 segundos

O Countach teve seu protótipo, o LP 500, lançado oficialmente no Salão do Automóvel de Genebra, em 11 de março de 1971. O nome veio de uma expressão do dialeto piemontês do italiano, que significa “admiração e encantamento”. A intenção era que o modelo substituísse o (também icônico) Miura e, portanto, fosse um novo superesportivo para a década que se iniciava. No que, afinal, foi indiscutivelmente bem-sucedido.

Como de costume, a sigla no nome indica a posição do motor do Lamborghini. Ou seja, no caso do Countach, a posição longitudinal traseira (Longitudinale Posteriore, em italiano), na qual o enorme motor V12 fica alocado. O poderoso trem de força de 5 litros (4.971 cc) entregava 440 cv a 7.500 rpm, além de 49,8 mkgf de torque a 5.000 rpm, com tração traseira.

Dessa forma, o superesportivo era capaz de chegar aos 100 km/h em apenas 5 segundos, bem como atingir a velocidade máxima de 300 km/h. Mesmo sem a carroceria constituída da fibras de carbono, a primeira versão do esportivo tinha o peso baixíssimo: só 1.130 kg.



Lamborghini Countach
Lamborghini/Divulgação

Um pouco de história

Após alguns ajustes para se tornar mais funcional, o Countach LP 400 passou a ser vendido a partir de 1973, e foi produzido por 17 anos ao longo de cinco ‘gerações’. Em 1978, a Lamborghini, então, lançou o LP 400 S, que trouxe melhorias em relação ao antecessor.

Quatro anos depois, em 1982, veio o Countach LP 5000 S, com estética diferente, embora tenha mantido as linhas originais, mas com interior revisto. Por fim, em 1985, estreava o LP 5000 Quattrovalvole. A última versão surgiu em 1988, o Countach 25th Anniversary.

No total, 1.999 unidades foram vendidas pela Lamborghini, e, por diversas vezes, o Countach apareceu em filmes como símbolo de status e sofisticação. Não por acaso, o modelo da marca do touro se tornou sonho de consumo de muitos jovens da época.

Continua depois do anúncio

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Fiat Argo 1.0 Flex
Oferta exclusiva

Fiat Argo 1.0 Flex