Mercado

SUV Toyota Corolla Cross sobe de preço e já beira R$ 200 mil na versão híbrida

Lançado em março a partir de R$ 139.990, SUV Toyota Corolla Cross já subiu mais de R$ 13,5 mil após reajustes e, agora, custa até R$ 197.490

Diogo de Oliveira

12 de out, 2021 · 6 minutos de leitura.

Toyota Corolla Cross" >
Toyota Corolla Cross híbrido foi o carro eletrificado mais vendido do Brasil no primeiro semestre de 2021
Crédito:Toyota/Divulgação

Faz só sete meses que a Toyota lançou o Corolla Cross no Brasil. Em um ano normal, a montadora talvez fizesse um reajuste de preços no período. Mas, de julho para cá, o SUV médio feito em Sorocaba (SP) já acumula duas grandes altas nos valores sugeridos ao público. De R$ 139.990, a versão de entrada XR 1.8 flex automática saltou para os atuais R$ 150.290.

No caso da versão híbrida, a alta é ainda maior. Quando chegou às lojas, o Corolla Cross XRV hybrid flex tinha preço de R$ 172.990. Agora, o mesmo modelo com mecânica eletrificada custa R$ 185.790, ou seja, um aumento acumulado de R$ 12.800. Neste caso, o SUV híbrido tem maior quantidade de componentes importados e, por isso, subiu mais de preço.

O aumento mais expressivo, dessa forma, é o da versão topo de linha Special Edition. Em março, o Corolla Cross mais caro custava R$ 183.980. Entretanto, agora, a edição especial sai por R$ 197.490 - uma alta de R$ 13.510 no preço sugerido. Assim, o SUV da marca japonesa está a um passo de romper a simbólica barreira dos R$ 200 mil.

Os preços atualizados da linha Corolla Cross

XR 2.0 Flex - R$ 150.290
XRE 2.0 Flex - R$ 160.990
XRV Hybrid - R$ 185.790
XRX Hybrid - R$ 193.390
Special Edition Hybrid - R$ 197.490

chips
Toyota/Divulgação

Corolla sedã fica mais caro

Além do SUV, o Corolla sedã também teve os preços reajustados pela Toyota - e está mais caro a partir deste mês. Os aumentos foram de até R$ 4.300 no valor sugerido. Dessa forma, o Corolla GLI, versão mais barata, que foi lançada em 2018 por R$ 99.990, agora custa a partir de R$ 133 mil. Já a versão híbrida flex, que era R$ 125 mil há três anos, custa agora R$ 175 mil. Veja abaixo como fica a nova tabela de preços do modelo:

GLi 2.0 Flex - R$ 132.890
XEi 2.0 Flex - R$ 142.190
Altis Premium 2.0 - R$ 166.190
GR-S 2.0 - R$ 167.390
Altis Hybrid - R$ 166.190
Altis Hybrid Premium - R$ 174.990



Gol
Volkswagen/Divulgação

VW Gol já bate R$ 90 mil

Os reajustes de preços se tornaram mais corriqueiros nos últimos meses, puxados, sobretudo, pela alta do dólar norte-americano. Isso explica porque os importados e modelos nacionais com componentes vindos do exterior subiram tanto de valor. Mas mesmo carros nacionais populares dispararam de valor. O exemplo mais emblemático é o Volkswagen Gol.

Na recente atualização de preços, o opção de entrada (1.0) do hatch subiu de R$ 64.950 para R$ 65.590. Ou seja, alta de R$ 640. Já a versão de topo com motor 1.6 e câmbio automático de seis marchas teve o maior impacto no valor final. Subiu R$ 800, chegando a R$ 80.690. Entretanto, caso o cliente queira o Gol completaço - com o pacote Urban de R$ 7.190 - terá de desembolsará menos de R$ 89.490.

Jeep Commander
Jeep/Divulgação

Jeep Commander nem chegou e está mais caro

A Stellantis também aproveitou a onda de aumentos e tratou de reajustar os preços do novo Jeep Commander. É isso aí, o jipão de sete lugares nem bem chegou às ruas e já está mais caro. De acordo com a marca, o aumento nos preços englobará até mesmo quem encomendou o carro a partir de 31 de agosto durante o período de pré-venda do SUV.

Continua depois do anúncio

Dessa forma, a alta de 3% resultou em R$ 6.000 extras na versão Limited, e R$ 8.000 na Overland. Assim, os novos preços são de R$ 205.990 e de R$ 227.990 com o motor 1.3 flex. Já com o 2.0 turbo diesel e tração 4x4, a tabela do SUV feito em Pernambuco vai de R$ 265.990 (Limited) até R$ 287.990 (Overland). Antes, os valores iam de R$ 199.990 a R$ 279.990.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se