Tiggo 5x chega para desafiar líderes entre os SUVs compactos

Terceiro modelo da Caoa Chery, Tiggo 5x tem preço a partir de R$ 86.990 e se destaca pelo espaço e acabamento

tiggo
Tiggo 5x tem porte próximo ao de um Jeep Compass Crédito: Foto: Caoa Chery/Divulgação

O Tiggo 5x é a principal aposta da Caoa Chery para conquistar compradores de SUVs compactos. Trata-se do segmento mais disputado do Brasil. E o novo modelo tem bons atributos para encarar rivais como Jeep Renegade, Honda HR-V e Hyundai Creta, entre outros. Começando pelos preços, de R$ 86.990 para versão T e R$ 96.990 para a TXS.

Entre os destaques do Tiggo 5x estão os bons espaço interno, acabamento e conjunto mecânico. O motor é 1.5 turbo flexível de 150 cv e o câmbio, automatizado de seis velocidades.

O Tiggo 5x tem 4,34 metros de comprimento, 1,83 m de largura e a distância entre os eixos é de 2,63 m. Isso se traduz em bom espaço para as pernas dos ocupantes de trás.

Para comparação, são apenas 8 cm a menos no comprimento e 1 cm na distância entre os eixos que o Compass, que é médio. O Jeep é o SUV mais vendido do Brasil e parte de R$ 111.990. Esse é o preço da versão Sport, com motor 2.0 flexível de 166 cv.

O porta-malas do Tiggo 5x tem 340 litros de capacidade (até 1.100 litros com os bancos traseiros rebatidos). Nesse aspecto, o SUV da Caoa Chery perde pontos para os rivais. O bagageiro do Creta, por exemplo, tem 431 litros e o do HR-V, 464 l.

Por outro lado, o novo SUV supera a concorrência nos preços. O Hyundai parte de R$ 77.890 com motor 1.6 de 130 cv e câmbio manual.

O Honda começa em R$ 92.500 com motor 1.8 de 140 cv e câmbio automático CVT.

Tiggo 5x tem acabamento caprichado

Ao entrar no Tiggo 5x há uma boa surpresa. O acabamento é bem feito e inclui bancos revestidos de couro na TXS, avaliada. O material, de boa qualidade, tem costuras vermelhas. Na versão de topo, os assentos dianteiros também têm ajustes elétricos em seis posições. E há regulagem da lombar para o motorista.

A parte superior do painel e o volante, com ajuste de altura e profundidade, também são cobertos de couro. A direção tem assistência elétrica e, durante a avaliação, mostrou ter bom ajuste.

O volante é multifuncional e traz botões que acionam som, computador de bordo, controlador de velocidade de cruzeiro e sistema multimídia de série. O dispositivo tem conexão por Bluetooth e é compatível com smartphones com Android Auto e Apple CarPlay.

As informações do multimídia são projetadas em duas telas. A menor, com 4,8 polegadas, fica no quadro de instrumentos, entre o velocímetro e o conta giros.

A segunda, de 9”, é sensível ao toque e está localizada no centro do painel. Por meio dela também dá para controlar a temperatura e o fluxo do ar condicionado.

Ampla lista de equipamentos

O pacote de equipamentos do Tiggo 5x é amplo. De série há rodas de liga leve de 17 polegadas, ar-condicionado com saída para os bancos de trás, câmera e sensor de obstáculos na traseira, controlador de velocidade de cruzeiro, entradas USB duplas e tomada de 12 volts no painel, por exemplo.

Sistema de som, travamento das portas a distância, faróis com acendimento automático e ajuste elétrico de altura, luzes diurnas de LEDs, retrovisores externos com rebatimento elétrico, assistente de saída em rampas e controles eletrônicos de estabilidade e tração também vêm de fábrica. Assim como monitoramento da pressão dos pneus, sistema Isofix de fixação de assentos infantis e travamento automático das portas.

O Tiggo 5x traz ainda freio de estacionamento com acionamento elétrico de série. Para liberá-lo, basta acelerar – desde que o cinto de segurança esteja afivelado. Caso contrário, por medida de segurança o sistema mantém os freios travados até que o motorista pressione um botão no console central, ao lado da alavanca de câmbio.

A versão de topo acrescenta itens como rodas de 18”, teto solar panorâmico, faróis de neblina, iluminação das soleiras das portas, air bags laterais na dianteira e do tipo cortina. Entre os equipamentos que mais chamam a atenção estão o ar-condicionado eletrônico e o monitoramento da temperatura dos pneus.

Motor dá conta do recado

O Tiggo 5x traz o mesmo motor 1.5 tubo flexível do Tiggo 2 e do recém-lançado sedã Arrizo 5. O quatro-cilindros tem bloco e cabeçote feitos de alumínio, duplo comando de válvulas com abertura variável e coletor de admissão variável.

A potência é de 147 cv com gasolina e 150 cv com etanol, sempre às 5.500 rpm. O torque máximo, de 21,4 mkgf, surge às 1.750 rpm, independentemente do combustível.

A entrega de força total ocorre até as 4 mil rpm, o que se traduz em arrancadas e acelerações convincentes. Infelizmente, a avaliação foi muito rápida e ocorreu em uma pequena pista ao lado da planta onde o Tiggo 5x é produzido, em Anápolis (GO).

O percurso era totalmente plano. Portanto, não foi possível avaliar o comportamento do Tiggo 5x em subidas, tampouco no anda e para do trânsito urbano.

Também não deu para avaliar as diferenças entre os modos de condução. O Eco privilegia o consumo de combustível  e o Sport, utilizado durante a volta rápida, deixa o carro mais “esperto”.

Câmbio de grife

O Tiggo 5x tem câmbio automático de dupla embreagem e seis velocidades. As trocas ocorrem de forma rápida e podem ser feitas no modo automático ou manual, por meio da alavanca no console.

Essa transmissão é produzida pela Getrag. Entre os modelos equipados com câmbios da empresa fundada em 1935, na Alemanha, estão Porsche 911 (1987 a 1989), Jaguar XJR (1995 a 1997) e Cadillac CTS (2002 a 2005).

Durante os exercícios na pista, os controles de estabilidade e tração deixaram o carro sempre à mão. E os freios a disco nas quatro rodas (ventilados nas da frente) garantem segurança ao Tiggo 5x.

Para provar sua eficiência, a Caoa Chery preparou uma simulação, na qual o motorista tinha de frear forte com o carro passando com as rodas do lado direito sobre piso molhado e as da esquerda em asfalto seco. Não houve sustos.

Contudo, a leve oscilação apresentada pela carroceria no fim da freada brusca poderia ser evitada se as suspensões tivessem ajuste um pouco mais firme. O sistema é independente do tipo McPherson no eixo dianteiro e Multlink no traseiro.

Garantia

Outro bom atributo do Tiggo 5x é a garantia. São três anos para o veículo completo e cinco para motor e câmbio. O novo SUV será oferecido com três opções de cores metálicas (cinza, prata e preta), além de branco perolizado. A produção já está a todo vapor e as primeiras unidades deverão chegar às concessionárias da Caoa Chery até o fim deste mês.

O jornalista viajou a convite da Caoa Chery


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas