Você está lendo...
Tiggo 8 híbrido está em testes e será primeiro eletrificado da Caoa Chery
Notícias

Tiggo 8 híbrido está em testes e será primeiro eletrificado da Caoa Chery

Caoa Chery Tiggo 8 Pro já roda no Brasil e deve chegar híbrido, com motor 1.5 turbo e outros dois elétricos; preço ficará próximo a R$ 300 mil

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

07 de abr, 2022 · 5 minutos de leitura.

Caoa Chery
Chery Tiggo 8 Plus híbrido promete chegar aos 100 km/h em menos de 5 segundos
Crédito:Chery/Divulgação

As gigantes chinesas BYD e Great Wall Motors vão atacar o crescente mercado de carros elétricos e híbridos, e a sino-brasileira Caoa Chery não ficará para trás. A marca prepara uma novidade para o Brasil e continua a testar no País o novo Tiggo 8. Contudo, não será apenas apenas uma reestilização. O SUV de 7 lugares será o primeiro híbrido da montadora.

O novo Tiggo 8 foi flagrado nos últimos dias por um leitor do site Autos Segredos. A foto (abaixo) não revela o visual porque a unidade ainda está completamente camuflagem. Mas ele terá o desenho do Tiggo 8 Plus, e adotará o sobrenome "Pro", tal como os demais modelos da Caoa Chery. Ou seja, aqui o modelo se chamará Tiggo 8 Pro e será híbrido flex.

Caoa Chery
Silvio Cioni/AutosSegredos

Na China, o Tiggo 8 híbrido estreou em janeiro deste ano. Lá, o SUV combina o motor 1.5 turbo de 156 cv e 23,5 mkgf a outros dois motores elétricos, 326 cv e 52 mkgf, instalados um em cada eixo. Dessa forma, tem tração integral. O diferencial é o modo 100% elétrico, cuja autonomia alcança os 100 km. Além disso, fala-se em um consumo misto de incríveis 100 km/l.

Da mesma forma, o desempenho promete ser forte, com aceleração de zero a 100 km/h em 5 segundos. O SUV traz um câmbio DHT exclusivo para híbridos da Chery lá fora. A transmissão tem 3 marchas físicas e 11 simuladas, e muda de acordo com o modo de condução.

Reforço da linha

O Caoa Chery Tiggo 8 Pro híbrido será, portanto, do tipo plug-in, que recarrega em tomadas - exatamente como o recém-lançado Jeep Compass 4xe. A versão eletrificada não virá ocupar o lugar do Tiggo 8 atual, mas vem complementar o portfólio da Caoa Chery. Até porque o modelo virá mais caro. Ele pode custar até R$ 100 mil a mais que o irmão - cerca de R$ 300 mil. Ou seja, ficará próximo do Compass 4xe, porém com o "plus" dos 7 assentos e consumo ainda mais impressionante.


Por esse valor, espera-se que o Tiggo 8 Pro venha com recursos inéditos de condução semiautônoma. Entre eles, frenagem automática de emergência, assistente de manutenção de faixa e controle de cruzeiro adaptativo. O SUV estava previsto para o fim do ano passado, mas, por causa da crise dos chips e da escassez de outros componentes, deve chegar no 2ª semestre.

Chery
Chery/Divulgação

Estética

Em termos de design, o Tiggo 8 híbrido tem nova dianteira, com destaque para a grade em formato hexagonal e os faróis iluminados totalmente por LEDs. O desenho mudou, assim como as lanternas traseiras e a tampa do porta-malas - que abriga a placa de identificação do veículo. Nas laterais, novas molduras cromadas na região das portas. Por dentro, destaque para a grande tela central que forma uma única peça (como nos Mercedes-Benz). Quase não terá botões.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Caoa Chery Arrizo 6 PRO
Oferta exclusiva

Caoa Chery Arrizo 6 PRO

Deixe sua opinião