Você está lendo...
Vídeo: novo Mercedes-Benz Classe C200 dá salto tecnológico e no preço
Avaliação

Vídeo: novo Mercedes-Benz Classe C200 dá salto tecnológico e no preço

Com preço sugerido de R$ 350 mil, novo Mercedes-Benz Classe C200 é híbrido leve e tem dezenas de recursos de última geração, mas ficou caro

Redação

20 de abr, 2022 · 5 minutos de leitura.

Mercedes-Benz Classe C
Novo Mercedes-Benz Classe C volta às lojas brasileiras em nova geração importada da Alemanha
Crédito:Mercedes-Benz/Divulgação

O Classe C é o campeão de vendas da Mercedes-Benz no Brasil desde sempre. O sedã médio de luxo sempre foi o queridinho, não por acaso foi produzido localmente na última década. Entretanto, o mercado de carros de luxo mudou bastante desde o início da pandemia. Agora, os tradicionais sedãs perdem cada vez mais clientes para os SUVs. O único modelo da categoria que ainda vende bem é o arquirrival Série 3, então líder absoluto da categoria.

Isso acontece, em parte, porque o modelo da BMW tem produção local na fábrica de Araquari (SC). Enquanto isso, o novo Classe C chegou neste início de 2022 importado e com preços bem maiores que na geração anterior. O sedã best-seller da Mercedes-Benz agora parte de R$ 350 mil nesta versão C200, avaliada pelo Jornal do Carro. Ele aposta na alta tecnologia e na eletrificação, com sistema híbrido leve EQ Boost de 48 Volts, que trabalha com o motor 1.5 turbo.


Mercedes-Benz Classe C
Mercedes-Benz/Divulgação

Sedã eletrificado

Na prática, o Mercedes-Benz C 200 entrega 204 cv de potência e um torque de 20,4 mkgf. O câmbio é automático de 9 marchas, com tração traseira. Além disso, o sistema EQ Boost fornece 27 cv e 20,4 mkgf extras ao sedã alemão. Na segurança, esta 6ª geração do Classe C traz vários recursos semiautônomos. Assim, a marca da estrela confia que os clientes não se importarão em pagar um pouco mais para ter o modelo de última geração. Ele responderá por 25% das vendas da marca em 2022.

Mercedes-Benz Classe C
Mercedes-Benz/Divulgação

E você, acha que o novo Mercedes Classe C 200 vai manter a força das gerações anteriores? Ou será que, diante de tantos SUVs, o sedã de luxo vai ficar na saudade? Em nosso mercado, a marca atualmente aposta nos utilitários. Seu modelo de entrada no País é o SUV de 7 lugares GLB, modelo mais vendido da alemã em 2022 e que acaba de ganhar sua primeira versão AMG.



Mercedes-Benz Classe C
Mercedes-Benz/Divulgação

Interior hi-tech

A tela central de 11,9 polegadas fica em disposição vertical, é sensível ao toque e traz a versão mais recente do sistema MBUX com a assistente virtual da Mercedes-Benz e comando de voz mais inteligente e melhor no português brasileiro. A multimídia também traz conexão sem fio (via Bluetooth) com as plataformas Android Auto e Apple CarPlay. Dessa forma, o equipamento se conecta facilmente aos smartphones. Só fica devendo internet a bordo. Há ainda um novo carregador por indução.


Mercedes-Benz Classe C
Mercedes-Benz/Divulgação

Mais caro que os rivais

Com preço inicial de R$ 350 mil, o novo Mercedes-Benz Classe C chega bem mais caro que os rivais diretos. A nova geração do Audi A3, por exemplo, desembarcou no fim de 2021 - também importada da Alemanha - a partir de R$ 229.990 na versão S Line Limited, mas só com motores a combustão. Da mesma forma, o BMW Série 3, atual campeão da categoria, parte de R$ 298.950 na versão 320i GP 2.0 turbo a gasolina de 184 cv.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se