Primeira Classe Rafaela Borges

Os empates do segmento de carros de luxo

Duas marcas de luxo tiveram empate literal em janeiro; diversos carros ficaram tecnicamente empatados

Porsche 911 carros de luxo
Porsche 911 Foto: Rafael Arbex/Estadão

Empates no segmento de carros de luxo não são tão incomuns como no mercado geral. Isso porque estamos falando de um nicho, com baixo volume. As chances de dois carros empatarem em vendas são maiores.

O que ocorreu no mês de janeiro, porém, não foi muito comum. Houve empate entre duas marcas, algo que é mais difícil, embora não inédito (veja detalhes abaixo). E não foi um empate técnico, e sim um literal.

Além disso, dois SUVs tiveram empate técnico. E no segmento de esportivo, três modelos ficaram tecnicamente empatados.

As marcas de luxo que terminaram o mês de janeiro empatadas foram Jaguar e Porsche. Ambas venderam exatas 128 unidades.

GALERIA: Os carros de luxo mais vendidos em janeiro

Empate de luxo

Em minha opinião, o resultado é bom para a Porsche e ruim para a Jaguar. A marca inglesa é concorrente direta de alguns modelos das alemãs Audi, BMW e Mercedes-Benz, e da sueca Volvo. Essas empresas, no entanto, têm vendas bem superiores (veja abaixo).

É bom ressaltar que a linha da Jaguar é bem menos extensa que a das alemãs. São basicamente cinco carros: E-Pace, F-Pace, XE, XF e F-Type. As vendas mais significativas são as dos dois primeiros, que são SUVs.

LEIA TAMBÉM

Também em relação às marcas alemãs (e, nesse caso, também à Volvo), a Jaguar não atua no Brasil com carros de entrada. Seu SUV compacto, o E-Pace, foi lançado por aqui apenas com versões de mais de R$ 200 mil e motores a partir de 250 cv. Bem diferente de Q3, X1, GLA e XC40, que têm proporções semelhantes.

Assim, dá para dizer que, no Brasil, a Jaguar atual em um nicho ainda mais restrito. Não tão restrito, porém, quanto o da Porsche, cujo carro mais em conta, a versão de entrada do Macan, sai por R$ 300 mil.

A Porsche, embora tenha dois SUVs (o Macan, inclusive, é rival direto do F-Pace), é uma marca especializada em esportivos.

VÍDEO: Mustang e Camaro em pega na pista de arrancada

Empates técnicos

O destaque da montadora foi o 911 (R$ 515 mil de preço inicial), que desbancou o Mustang como esportivo mais vendido do mês. Porém, aqui houve um empate técnico. O Porsche teve 24 emplacamentos e o Ford, 22.

Entre eles, apareceu um outro carro. Trata-se do Porsche 718 Boxster, com 23 unidades vendidas. Ou seja: aqui, tivemos um empate técnico triplo.

Entre os modelos mais vendidos (veja galeria acima), houve um novo empate técnico. Mercedes-Benz GLA e Audi Q3 ficaram separados por apenas uma unidade.

O primeiro somou 226 emplacamentos, ante os 225 do concorrente.

Se estivéssemos falando de um segmento menos restrito, dava até para considerar um segundo empate técnico. É que o Land Rover Discovery vendeu apenas quatro unidades a mais que o BMW X1.

Porém, como nesse segmento as vendas são muito baixas, quatro exemplares já configura vantagem real, né?

Marcas

Em janeiro, a Mercedes-Benz registrou 877 emplacamentos, ante os 768 da Audi e os 708 da BMW.

A Volvo vendeu 485 veículos, enquanto a Land Rover somou 442 unidades emplacadas.

 


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Mais artigos