Primeira Classe

A montadora de luxo com crescimento absurdo

Volvo registrou crescimento de 96% em 2018

Rafaela Borges

02 de jan, 2019 · 5 minutos de leitura.

montadora de luxo Volvo XC40" >
Volvo XC40
Crédito: Modelo foi principal responsável pelo crescimento da Volvo (Foto: Nilton Fukuda/Estadão)

Poderíamos dizer, aqui, que não existe tempo ruim no segmento premium. Mas não é bem assim. E isso valoriza ainda mais o desempenho da montadora de luxo Volvo em 2018.

Os dados foram obtidos por meio de fontes consultadas pelo blog. Os números oficiais ainda não foram divulgados.

A marca registrou nada menos do que 96% de crescimento na comparação com 2017. No ano passado, a montadora de luxo vendeu 6.840 unidades no mercado nacional. No anterior, os emplacamentos haviam totalizado 3.496 modelos.


LEIA TAMBÉM

Considerando todo o mercado brasileiro, só uma montadora cresceu mais que a Volvo. Trata-se da Caoa Chery, com 131% de avanço ante 2017.

As duas marcas ocupam posições completamente diferentes na pirâmide de requinte dos carros. A Caoa Chery está entre as mais populares, e vende o modelo mais barato do País, o QQ.


Já a Volvo tem carros com versões que custam mais de R$ 400 mil, como o XC90. Porém, elas têm algo em comum. Tanto a montadora de luxo quanto a generalista cresceram muito graças a um carro de suas gamas. Mais precisamente, um SUV.

Foi a chegada do XC40 que impulsionou a Volvo. Ele foi lançado em março, mas a versão T4, a mais barata (cerca de R$ 170 mil), chegou em agosto. Desde então, as vendas do modelo dispararam, e ele liderou o segmento premium em diversos meses.

Também no primeiro trimestre a Caoa Chery lançou a segunda geração de seu SUV compacto, que foi batizada de Tiggo 2 - antes, era só Tiggo.


Ele ganhou transmissão automática na mesma época da chegada do XC40 T4. Então, passou a aparecer na lista dos dez mais vendidos do segmento de SUVs compactos, deixando para trás modelos como 2008 e WR-V.

VEJA TAMBÉM: CARROS COM CONSUMO DE COMBUSTÍVEL ABSURDO

Montadora de luxo sueca x rivais

O que valoriza o desempenho da Volvo é que o mercado de luxo não foi um grande destaque em 2018 quando o assunto é crescimento. Fora a montadora de luxo sueca, nenhuma avançou além dos cerca de 13,4% do mercado geral.


VEJA TAMBÉM: FORD F-150 RAPTOR

 

VÍDEO: TUDO SOBRE O VOLVO XC40 T4


 

A líder, Mercedes-Benz, vendeu praticamente o mesmo volume de 2017.


Foram cerca de 14.370 exemplares no ano passado, ante os 14.340 do anterior. A BMW, segunda colocada no ranking de marcas premium, cresceu 9,8%.

Já Audi registrou quedas. A da alemã, terceira montadora de luxo a mais vender carros no Brasil em 2018, foi de 12,4%.

Já a Land Rover perdeu sua quarta posição de 2017 para a Volvo. Porém, ao menos conseguiu um modesto crescimento em 2018: 5%.


CONHEÇA MEU PERFIL NO INSTAGRAM

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Audi RS6 "Batman style". Gostam ou não? ? @mateo.r.photography Location - Paris #audi #carro #instacar #rs6 #paris #França #france #anonovo #reveillon2019 #luxo #batman #batmobile

Uma publicação compartilhada por Rafaela Borges (@rafaelatborges) em

Newsletter Jornal do Carro - Estadão

Receba atualizações, reviews e notícias do diretamente no seu e-mail.