Primeira Classe

Novo T-Cross é mais caro que os rivais

Confira o comparativo do preço das versões

Rafaela Borges

19 de fev, 2019 · 8 minutos de leitura.

Novo T-Cross" >
Novo T-Cross
Crédito: Foto: Volkswagen/Divulgação

Uma das informações automotivas mais esperadas dos últimos meses foi revelada: os preços do novo T-Cross. E quem apostou que ele seria mais caro que a concorrência, acertou.

Não vou falar de toda a concorrência, senão ficaríamos aqui para sempre. Afinal, o segmento de SUVs compactos tem cada vez mais representantes.

A comparação, aqui, será com os quatro modelos mais vendidos do segmento de SUVs compactos.


O novo T-Cross é mais caro, em todas as versões, que Creta e Kicks e HR-V. Apenas uma versão do Renegade empata com o Volkswagen que chega em abril (e está em pré-venda).

Em contrapartida, ele traz alguns equipamentos inéditos no segmento - mas só nas versões mais caras (e opcionalmente).

Vamos às comparações?


Novo T-Cross manual - R$ 84.900

O diferencial do novo T-Cross, desde a versão de entrada, fica por conta dos seis air bags e do bloqueio eletrônico do diferencial.

Além disso, tem motor 1.0 turbo de 128 cv, com injeção direta de combustível. A central multimídia com tela de 6,5" é opcional.

No entanto, é exatos R$ 10 mil mais caro que o  Kicks de entrada. O Nissan sai por R$ 74.990 e não tem nenhum dos itens citados acima, além de trazer motor 1.6 aspirado de apenas 114 cv.


LEIA TAMBÉM

O Creta mais em conta, também manual, tem motor 1.6 também aspirado, mas com bons 130 cv, e custa R$ 78.990. Traz start-stop e monitoramento da pressão dos pneus.

O Renegade manual Custom custa R$ 72.990. A versão Sport vai a R$ 79.990 já vem com central multimídia, câmera de ré e chave presencial, além de ter suspensões independentes nas quatro rodas.


Porém, apesar dos 139 cv, o motor 1.8 não entrega muita agilidade. E o porta-malas é o mais limitado da categoria. O HR-V não tem versão manual.

 

T-Cross automático 1.0 - R$ 94.490

Essa versão do Volkswagen, também 1.0 turbo, já traz o sistema de entretenimento com tela de 6,5" de série, além de saída de ar-condicionado atrás (também há duas entradas USB para os passageiros dessa parte do carro).


O Kicks automático mais simples, com o mesmo motor 1.6, custa R$ 83.490, R$ 11 mil a menos que o novo T-Cross. Porém, a versão SV, já mais próxima do T-Cross 200 TSI automático em itens, é mais próxima também em preço: R$ 90.490.

O Creta 1.6 automático inclui controles de estabilidade e tração (de série desde o novo T-Cross de entrada) e tem tabela de R$ 84.990.

O Renegade automático mais em conta é o Sport, por R$ 85.990. O motor é o mesmo 1.8 do manual.


Nessa versão, até o HR-V LX consegue ser um pouquinho mais barato: R$ 92.500. No Honda, o motor é sempre o 1.8 de até 140 cv.

T-Cross automático intermediário - R$ 99.990

Na versão Comfortline, os diferenciais são ar-condicionado digital, câmera de ré, sistema de frenagem pós-colisão e sensor dianteiro de estacionamento.

No Kicks, é equivalente à SV com pacote Pack Plus, que inclui o exclusivo controle de chassi e o mesmo número de air bags do novo T-Cross. O preço desse Nissan é de R$ 93.490.


O Creta equivalente ao T-Cross Comfortline é o Pulse Plus, a R$ 92.990. Tem câmera de ré e central multimídia moderna, mas não os seis air bags.

O Renegade Longitude tem o mesmo preço do novo T-Cross Comfortline. E fica devendo em equipamentos: traz apenas os air bags dianteiro e traseiro.

Já o HR-V equivalente, EX, também é um pouquinho mais em conta. Bem pouquinho: R$ 98.700.


T-Cross topo de linha - R$ 109.990

A versão de topo do novo T-Cross tem motor 1.4 turbo de 150 cv (no segmento, só o Tracker traz propulsor semelhante), inclui detector de fadiga e uma lista de opcionais exclusivos no segmento.

Esses opcionais são os verdadeiros diferenciais do carro (há até assistência ao estacionamento). O preço inicial não contempla esses itens, infelizmente. Com todos eles, o T-Cross Highline chega a quase R$ 125 mil.

Na comparação com o Kicks SL, com pacote bem parecido, a diferença é de R$ 10 mil. O Nissan sai a R$ 99.990.


O Creta 2.0 tem 166 cv, e começa em R$ 98.990 na versão Sport e R$ 104.990 na de topo, Prestige. Ela tem ventilação para os bancos e, finalmente, os seis air bags que o T-Cross traz de série.

O Renegade Limited, mais caro da linha Jeep com motor 1.8 flexível (os demais são a diesel), sai a R$ 105.990. O HR-V de topo, EXL, custa R$ 108.500.

Opcionais

Nas versões Comfortline e Highline do novo T-Cross, está disponível o sensor de estacionamento, que os rivais não têm.


A Highline pode receber também o painel virtual e totalmente configurável. Outra tecnologia que a concorrência não tem.

CONHEÇA MEU PERFIL NO INSTAGRAM

Visualizar esta foto no Instagram.

Quem também amou esse Fusca? ? @beetleismylife via @quintasergio #beetle #fusca #vintage #oldschool #car #carro #instacar #instadaily #lifestyle #volkswagen

Uma publicação compartilhada por Rafaela Borges (@rafaelatborges) em

 


Newsletter Jornal do Carro - Estadão

Receba atualizações, reviews e notícias do diretamente no seu e-mail.