Primeira Classe

Cinco carros que estão em baixa no Brasil

Fiat Uno é um dos modelos que não passam por seus melhores momentos

Rafaela Borges

21 de mar, 2019 · 7 minutos de leitura.

vendidos" >
Fiat Uno
Crédito: Sergio Castro/Estadão

No primeiro bimestre de 2019, cinco carros que já vinham em uma trajetória descendente desde o ano passado confirmaram que não estão em seu melhor momento. Nesse grupo, um dos destaques é o Fiat Uno.

Além do hatch compacto, fazem parte da lista o Up!, WR-V, o Cobalt e o Etios. Todos já tiveram seus momentos de pequeno ou grande sucesso, seja num passado recente ou remoto.

Agora, parecem não mais encontrarem seus caminhos no mercado nacional. Alguns, inclusive, podem sair de linha em breve.


Veja também: Os carros que mais combinam com seu signo

Fiat Uno

O Uno perdeu muito com a chegada do Mobi. Isso porque os dois carros são subcompactos e, teoricamente, têm públicos semelhantes.

Quando o Mobi chegou, a Fiat reposicionou o Uno, e o deixou mais caro - ficou próximo a R$ 50 mil. Não deu certo.


As vendas começaram a desabar e, no ano passado, houve mês em que o Uno teve emplacamentos inferiores a 500 unidades.

LEIA TAMBÉM

Então, no segundo semestre, o Uno voltou a ter versão com o antigo motor 1.0 de quatro cilindros, não mais apenas com o de três cilindros.


Porém, ele não ficou assim tão mais barato. Hoje, o Uno parte de R$  44.590. Mesmo assim, após o relançamento dessa versão de entrada (Attractive), as vendas deram uma melhorada.

Neste ano, o Uno soma 3.767 emplacamentos. É o 34º carro mais emplacado do País. Nada mal para um compacto que já quase ficou fora do "top 50". Mas nada bom para um modelo que já esteve entre os três mais vendidos do Brasil.

Vídeo da semana: Testamos o Mercedes-AMG C 63 S, o 'monstro' do dia a dia 


 

Up!

O Up! já foi rival do Uno. Para falar a verdade, ainda é, no caso das versões Drive (três-cilindros) do modelo da Fiat.


O Up! nunca conseguiu fazer grande sucesso no Brasil. Porém, ao menos, era presença constante na lista dos 20 mais vendidos até 2017.

Depois, o Polo chegou, o Gol foi renovado e passou a recuperar espaço e a Volkswagen desistiu de apostar no Up! como carro de alto volume. Ele foi reposicionado e passou a ter preço inicial de mais de R$ 50 mil, para se tornar modelo de nicho.

Neste ano, somou 1.823 emplacamentos e é o 52º carro mais vendido do Brasil. O Up! pode sair de linha em 2021, de acordo com o editor assistente do Jornal do Carro Diego Ortiz.


 

Cobalt
Chevrolet Cobalt (Foto: Gabriela Biló/Estadão)

 


Cobalt

Outro que pode estar de partida é o Cobalt. É o que informa, também em seu blog, o Diego Ortiz.

O Chevrolet soma vendas muito baixas este ano. É o 48º mais vendido do País, com 2.130 emplacamentos. Está atrás de todos os principais rivais, como Nissan Versa e Volkswagen Virtus.

Até o Siena, que anda "sumido" do mercado e de campanhas de marketing, vendeu mais que o Cobalt neste ano.


Etios

O Toyota começou mal. Lançado em 2012 no Brasil - mesmo ano de Onix e HB20 -, não decolou no em nosso mercado. Quatro anos mais tarde, a Toyota o reposicionou.

Melhorou a lista de equipamentos, deu um "tapa" no interior e instalou no carro central multimídia e câmbio automático. Houve um período em que ele foi o automático mais barato do Brasil.

Aí, decolou, e se tornou presença constante entre os 20 mais vendidos. Mais que isso: em 2016 e 2017, chegou a se aproximar dos dez mais emplacados.


Porém, em 2018, com a chegada do Yaris, as versões de topo do Etios saíram de linha, para evitar conflito entre os dois modelos da Toyota.

O veterano foi despencando no ranking. O problema é que o Yaris não conseguiu ocupar seu lugar entre os vinte mais vendidos (neste ano, é 23º).

No primeiro bimestre, o Etios foi o 45º modelo mais emplacado do País.


 

Veja também: Carros com consumo de combustível absurdo

 

WR-V

O SUV compacto foi bem na época de seu lançamento, em 2017. Chegou a ser o sexto mais emplacado do segmento.


Porém, foi perdendo espaço ao longo de 2017. Este ano, entre os SUVs, está fora da lista dos dez mais vendidos. É o 11º colocado, com 1.922 emplacamentos.

 

Newsletter Jornal do Carro - Estadão

Receba atualizações, reviews e notícias do diretamente no seu e-mail.