BMW fará recall em 24 modelos de motos no Brasil

Motos das linhas F, G, K e R fabricadas entre 1996 e 2008 terão diversos itens verificados e trocados por recall para manter segurança dos ocupantes e evitar acidentes

F 650 GS de 2008 é um dos vários modelos envolvido em recall Crédito: Foto: BMW/Divulgação

A BMW vai fazer um recall em vários modelos de motos. Unidades das linhas F, G, K e R terão diversos componentes verificados e possivelmente substituídos. São motocicletas fabricadas entre 1996 e 2008 de diversos modelos.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

As F 650 GS e CS fabricadas entre 2000 e 2002 serão convocadas para solucionar problemas como perda de eficiência de frenagem. As motos também podem ter desligamento repentino do motor e vazamento de combustível. As motocicletas terão um novo clipe de reforço na balança traseira e um novo relê principal. As motocicletas também ganharão um reparo na flange da bomba de combustível.

As F 650 GS e GS Dakar de 2006 terão a parte inferior do quadro trocada no recall. O risco é que a peça quebre com a moto estacionada. O problema também pode ocorrer quando piloto e garupa subirem na moto.

As F 800 S e GS e as F 650 GS feitas entre 2006 e 2008 terão uma correção na posição do respiro do tanque. Também terão trocados os elementos de fixação da coroa traseira e verificação do eixo da roda dianteira. O risco é que a roda traseira trave e a moto perca estabilidade direcional.

As G 650 Xchallenge, Xmoto e Xcountry fabricadas entre 2006 e 2008 terão a mangueira de saída do tanque de combustível trocada. A BMW também vai substituir o espaçador da corrente de transmissão final e da pala do amortecedor traseiro das Xchallenge.

Na linha K, as K 1200 R, S, e RS feitas entre 1997 e 2006 terão a bomba de óleo verificada e trocada se necessário. O torque dos parafusos de ajuste dos manetes também será corrigido. Os discos de freios dianteiros também serão trocados, bem como o parafuso banjo.

Linha R tem vários problemas

Já as R 1100 R e S de 1996 a 1998 terão verificados e trocados os chicote do canhão de ignição e chicote elétrico. O amortecedor dianteiro, junta esférica no pedal do freio traseiro serão trocados. O conjunto do distribuidor de combustível também será substituído.

As R 1200 C produzidas entre 1997 e 2000 terão as chapas de apoio e fixação do banco do passageiro trocadas. Os elementos de fixação da mesa superior passarão pelo mesmo processo. Já as R 1150 GS, GS Adventure, RT e RT Rockster feitas entre 1999 e 2003 terão um novo coxim instalado. A BMW ainda vai trocar a roda fônica do ABS. O flexível do freio também será trocado e os cabos de ignição serão reposicionados.

As R 1200 GS e RT de 2004 e 2005 terão a junta da bomba de combustível trocadas. Também ganharão novas coberturas para as polias do cabo do acelerador. O chicote do sensor do ABS dianteiro também será reposicionado.

As HP2 Enduro, fabricadas entre 2005 e 2006, terão os anéis de vedação e espaçamento do sensor do ABS trocados.

Por fim, as R 1200 GS e GS Adventure de 2008 terão o módulo do ABS trocado.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas