Primeiro Fusca saía de linha há 30 anos no Brasil

Modelo deixava de ser produzido no País pela primeira vez em novembro de 1986


VW Fusca 1974

Há 30 anos, a Volkswagen encerrava a produção do primeiro Fusca no Brasil. O modelo saiu de linha em 1º de novembro de 1986, após 27 anos de produção ininterrupta e 3,3 milhões de unidades montadas na fábrica da Volkswagen de São Bernardo do Campo.

O fim da produção causou emoção nos funcionários da linha de produção, conforme noticiado pelo Estadão do dia. O então presidente da VW do Brasil, Wolfgang Sauer, chegou a depositar flores sobre a última unidade montada, um Série Especial azul.

O jornal da época cita a maior exigência do consumidor brasileiro por carros mais sofisticados como uma das principais razões do primeiro fim do Fusca no Brasil. A linha de montagem ficou ainda mais obsoleta com o lançamento do Santana, dois anos antes. Cada unidade do sedã mais luxuoso da marca demorava metade do tempo para ficar pronta do que um simplório Fusca. Isso ocorria porque o carro era praticamente todo montado a mão, e seu projeto dificultava a automação dos processos.

O modelo, no entanto, ainda voltou a ser fabricado em 1993, a pedido do presidente Itamar Franco, como incentivo ao carro popular. No entanto, apenas três anos depois, o Fusca foi definitivamente descontinuado. Apenas o México continuou montando-o, até 2003. A “irmã” Kombi, porém, continou em linha no Brasil até 2014, quando teve a produção interrompida após a exigência de air bags e freios ABS nos carros nacionais, equipamentos inviáveis de serem instalados na “velha senhora”.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas