Notícias

Abarth Pulse com motor 1.3 turbo está no forno para 2023, veja as projeções

Marca esportiva da Fiat, Abarth vai renascer com versão modificada do SUV Pulse, que terá o motor 1.3 turboflex de até 185 cv da picape Toro

Diogo de Oliveira

17 de nov, 2021 · 5 minutos de leitura.

Abarth Pulse 2023
Com lançamento previsto para 2023, o Abarth Pulse será o primeiro modelo da marca do escorpião feito no Brasil
Crédito:Kleber Silva/K Design

O Fiat Pulse acabou de chegar às lojas brasileiras, mas a Stellantis já trabalha em uma variante do SUV para resgatar outra marca do grupo. Simbolizada pelo escorpião, a Abarth anda apagada nos últimos anos, mas vai ressurgir com novos modelos a partir de 2022. E um deles é o Abarth Pulse, cotado para ser o primeiro carro da marca feito no Brasil.

Com modificações visuais e de engenharia, o Abarth Pulse está em testes e será o SUV compacto mais esportivo do mercado brasileiro - e, possivelmente, da América do Sul. Sob o capô, terá o novo motor GSE 1.3 turboflex de 185 cv de potência e 27,5 mkgf de torque máximo, que estreou no 1º semestre deste ano na picape Fiat Toro e no Jeep Compass.

A informação surgiu em setembro pela revista Quatro Rodas, e ganhou força em outubro, quando o Jornal do Carro conversou com executivos da marca italiana no lançamento do Fiat Pulse. Na conversa, não foi sinalizado quando o modelo chegará. Entretanto, a julgar pelas mais de 9.000 reservas do Pulse, é provável que a versão da Abarth fique para 2023.

Como vai ser o Abarth Pulse

Tal como sugerem as projeções do designer Kleber Silva, da K Design, o Abarth Pulse terá visual bem diferenciado em relação às demais versões do SUV. A dianteira, por exemplo, receberá novo para-choque com formato mais aerodinâmico, bem como uma grade toda vazada com o logotipo do escorpião ao centro. Faróis devem ganhar máscaras negras.

Ainda na dianteira, o capô ganha uma faixa preta que se combina ao teto pintado de preto, criando um contraste com a pintura do restante da carroceria. O toque esportivo continua pelas laterais, com novas rodas de 17 polegadas com o escudo do escorpião, além de faixas adesivas na parte inferior das portas com o nome Abarth em letras maiúsculas.

Abarth Pulse 2023
Kleber Silva/K Design

Por fim, a traseira também vai entregar boa dose de ousadia, com novo para-choque com difusor e duas ponteiras cromadas. O aerofólio fica integrado ao teto, como nas demais versões, mas as lanternas ganham lentes escurecidas que realçam a assinatura de LEDs. Além disso, mais uma vez, o logotipo fixado na tampa traz o escorpião.



Suspensão e freios redimensionados

Para entregar o desempenho esperado, o Abarth Pulse também terá alterações nas suspensões, na direção e nos freios. Afinal, a diferença de desempenho do 1.3 turbo para o 1.0 turbo flexível é grande - são 53 cv a mais de potência, e 7,1 mkgf de torque adicionais. Assim, a marca fará vários ajustes no SUV compacto com foco na esportividade.

Os freios, por exemplo, trocarão os tambores na traseira por discos. Já a suspensão ganhará rigidez e será levemente rebaixada. Dessa forma, o Abarth Pulse terá centro de gravidade mais baixo, evitando o efeito de "flutuação". É possível, ainda, que o modelo ganhe tecnologias ausentes nas versões 1.0 turbo, como um novo programa de ajuste de direção.

Já o conjunto mecânico não deve ter alterações de desempenho, e tampouco vai trocar o câmbio automático de seis marchas. Ou seja, não esperemos por um Abarth Pulse com câmbio manual, pois as chances disso acontecer são mínimas. Já em relação ao interior, é certo que terá bancos mais esportivos, bem como padrão de acabamento superior e som premium.

Continua depois do anúncio

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se