Você está lendo...
BMW vai tirar modelos de linha nos próximos anos
Notícias

BMW vai tirar modelos de linha nos próximos anos

Modelos de nicho ou com vendas em baixa deverão sair de linha. BMW prepara novos SUVs de luxo e quer mais tecnologia

Redação

31 de jul, 2019 · 4 minutos de leitura.

bmw
BMW X7 deve ganhar 'irmão' mais esportivo, o X8
Crédito:Foto: BMW/Divulgação
bmw

A BMW vai encerrar a produção de vários modelos nos próximos anos. A marca deve fazer uma "faxina" na gama atual para preparar o terreno para futuras novidades. Os cortes vão atingir principalmente modelos de menor porte, versões de alguns carros e esportivos.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

Segundo informações da revista americana Automobile, modelos como o Série 2 conversível, o SUV X2 e as versões com entre-eixos curto do Série 7 não terão espaço na futura linha da marca. O Série 1 também não terá uma versão de duas portas, como a geração anterior.


Veja também:

O Série 2 conversível ainda é da geração anterior de compactos da marca e não ganhará as mudanças do hatch que origina a família. Além disso, ele acaba competindo internamente com o Z4.

As fontes da revista indicam ainda que até modelos recém-lançados como Série 8 cupê e conversível e o próprio Z4 também poderão não ter futuras gerações. Eles, no entanto ainda devem sobreviver por boa parte da próxima década, já que chegaram agora ao mercado. Após esse período, apenas o Série 8 Gran Coupé poderá ter uma próxima geração, junto do Série 7 longo.


Se o X2, na parte mais barata da gama, pode não ter um futuro muito longo, a BMW vai investir num X8, no topo da linha. O modelo, no entanto, não será uma versão mais esportiva do X7. O X8 será um SUV com características próprias, e deve chegar às ruas apenas em variantes esportivas M Performance.

Troca de comando

Coincidência ou não, esses rumores apareceram pouco tempo depois do atual CEO da marca, Harald Krueger, anunciar sua aposentadoria para o próximo dia 15 de agosto. Krueger será substituído por Oliver Zipse, tem a missão de acelerar o desenvolvimento de novas tecnologias, algo custoso e demorado. Portanto, a BMW deverá fazer mudanças profundas em sua estrutura para se manter competitiva.

Deixe sua opinião