Bugatti fará 30 unidades de Chiron recordista de velocidade

Chiron Super Sport 300+ terá visual exclusivo e motor de 1.600 cv como protótipo que chegou a 490 km/h em testes

chiron
Dianteira é semelhante a versões 'comuns' do Chiron Crédito: Foto: Bugatti/Divulgação

A Bugatti resolveu produzir 30 unidades do Chiron Super Sport 300+. O modelo é a versão de produção do protótipo que quebrou a barreira das 300 milhas por hora (482 km/h) e estabeleceu recorde para um carro de produção. As unidades serão entregues apenas em meados de 2021. O modelo, logicamente, não será barato e custará 3,5 milhões de euros, cerca de R$ 16 milhões em conversão direta.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

“Depois do incrível recorde de velocidade, vamos oferecer aos nossos clientes uma versão muito especial e o Bugatti mais rápido da história”, afirmou o presidente da montadora, Stephan Winkelmann.

O carro é praticamente idêntico ao modelo que quebrou o recorde. A carroceria é de fibra de carbono com partes pintadas de laranja. A frente é quase igual aos Chiron “normais”, mas a traseira guarda mais diferenças.

Mudanças visuais

O balanço é mais longo e a cobertura do motor é exclusiva do modelo especial. Além disso, as quatro saídas de escapamento são agrupadas em duplas e instaladas verticalmente. A única mudança visível do modelo de produção são as rodas, especiais para a versão 300+.

O motor é o conhecido W16 de 8,0 litros e quatro turbos, mas preparado para entregar 1.600 cv. A Bugatti ainda não decidiu se vai limitar a velocidade máxima do modelo em algum ponto, mas os Chiron 300+ poderão não ser tão rápidos quanto o modelo de pista.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas