Lançamentos

Carro conectado já é realidade no Brasil; veja 10 modelos com internet

Além de comandar o carro pelo celular, os novos sistemas permitem pedir comida na tela multimídia e até pagar pedágios diretamente do veículo

Jady Peroni, Especial para o Jornal do Carro

29 de out, 2021 · 13 minutos de leitura.

carro conectado
Sistema Connect Me, disponível no Fiat Pulse, permite o acesso do carro e várias funcionalidades através do celular
Crédito:Divulgação/Fiat

Nos últimos anos, a indústria automobilística vem criando várias tecnologias que melhoram a conectividade nos veículos. O conceito de ''carro conectado'' surgiu no Brasil há alguns anos, mas ganhou força mesmo a partir de 2015 com a chegada do sistema OnStar, da Chevrolet. O hatch médio Cruze Sport 6 e o Cruze sedã passaram a sair de fábrica com internet a bordo. Contudo, desde então, muita coisa mudou.

Atualmente, após ficar ''sozinha'' nesse mercado, a GM passou a ter concorrentes à altura quando o assunto é conectividade. Desde 2019, muitos veículos surgiram no mercado aperfeiçoando os serviços e oferecendo novas possibilidades. Entretanto, nada se compara com 2021. Praticamente todos os últimos lançamentos chegaram com serviços conectados.

Aplicativos de celular permitem dar comandos remotos, como ligar o motor e ajustar o ar-condicionado. Além disso, várias centrais multimídia oferecem comandos de voz e conexão sem fio com Android Auto e Carplay, bem como com o Assistente Google. E, no caso do Fiat Pulse, é possível até pedir um lanche do McDonald's pela tela do carro. Assim, separamos 10 modelos que já contam com serviços conectados. Confira!

Carro conectado
Divulgação/Chevrolet

1. Fiat Pulse

Recém-lançado no mercado, o novo SUV da Fiat chegou com uma lista extensa de tecnologias. Porém, para ter mais conectividade, é necessário pagar um pacote opcional do Connect Me, que tem valor de R$2.650.

Entre as principais operações, está o aplicativo que permite controlar os comandos do carro através do smartphone, smartwatch ou pela Alexa (assistente virtual).

Fiat Pulse
Fiat/Divulgação

Dessa forma, é possível, por exemplo, travar e destravar portas, acender os faróis e, até mesmo, desligar e ligar o carro. Contudo, o que mais chama atenção é o serviço de Wi-fi Nativo, ofericido em parceria com a operadora Tim. Nesse caso, o chip vem direto da fabricante e o sistema de bordo permite um pareamento de até 8 dispositivos externos.

Contudo, o modelo também oferece um sistema de localização do veículo, alerta de furtos, chamadas automáticas de emergência e um mapa inteligente, que aciona o motorista quando o carro está com o tanque vazio e direciona o veículo para o posto mais próximo.



Por fim, uma das grandes novidades no Pulse é uma plataforma chamada Cart. Criada em parceira com a Zapay, o sistema permite que você compre um lanche no McDonald?s, por exemplo, direto da tela multimídia. Ou melhor, permite que você pague o IPVA, as multas ou até os pedágios de forma totalmente automática. Isso porque, o sistema, fica vinculado com o cartão de crédito do usuário.

2. Hyundai HB20 

Aproveitando o upgrade da internet no Brasil, a Hyundai está estreando o sistema Bluelink. Por ora, ele só está disponível no HB20, que está servindo de teste para a integração da tecnologia no mercado. O dispositivo tem valor de R$1.400 e, em parceria com a Vivo, oferece planos mensais por cerca de R$29,90 para todos os serviços.

Nessa solução, a Hyundai oferece assistência 24 horas. No entanto, a montadora ressalta que o mais interessante é a possibilidade de recuperação do carro em casos de roubo. Outros pontos que ainda valem a pena ser citados são os controles de partida remota do motor, que pode ser feito a partir do app e a verificação do status do veículo.

Continua depois do anúncio
Hyundai HB20 terá conectividade pela plataforma Bluelink
Divulgação/Hyundai

3. Jeep Renegade

Já a Jeep trabalha com o Adventure Intelligence, que, além do Renegade, faz parte de outros modelos como o Commander. Nele, é possível ter informações do veículo como dados do combustível e óleo, bem como a contagem de quilômetros. Um dos diferenciais é que, todo mês, é enviado para o usuário um relatório de saúde do carro, que pode sugerir uma manutenção preventiva.

Além disso, também há comandos similares com os outros modelos como mapa inteligente, chamada de emergência, e o Wi-fi Hotspot que conecta até 8 aparelhos. Ou seja, há necessidade de fazer uma contratação com a parceira Tim, que tem preços de R$30 a R$ 100 mensais.

4. Ford Ranger

Outro modelo, para quem gosta de picapes, que traz muita conectividade é a Ranger. A Ford utiliza um sistema multimídia que equipa o veículo e promove uma interação intuitiva, chamada de ''SYNC''. Nele, há uma grande conectividade com aplicativos, climatização do veículo e GPS. Isso, além de permitir controlar as funções de áudio e navegador pelo comando de voz.

Para acompanhar, a Ranger também conta com o sistema FordPass ConnectTM, que permite, através do aplicativo, a interação completa com a picape de onde estiver. Os comandos, portanto, são similares aos já mencionados até o momento.

Ford Ranger Black
Ford/Divulgação

5. Onix e Onix Plus

A dupla da Chevrolet possui a tecnologia de Wi-fi Nativo, que pode conectar até 7 dispositivos e promete funcionar até 15 metros fora do carro. Contudo, o serviço possui planos de R$29,99 (com 2GB) até R$84,99 (20GB).

Os modelos também trazem carregadores sem fio e o Easy Park, sistema com sensores que identificam as vagas e controlam o volante. Dessa forma, o carro estaciona, praticamente, sozinho.

Nas versões, ainda está disponível a nova geração do MyLink, que integra o smartphone ao veículo. Sendo assim, é possível conectar até 2 celulares via Bluetooth e mandar mensagens e acessar playlists e aplicativos. Mas, tudo isso utilizando apenas o comando de voz. Muito similar ao Android Auto ou ao Apple CarPlay.

crise
Chevrolet/Divulgação

6. Volkswagen Nivus

Na Volkswagen, há duas plataformas interessantes para serem mencionadas. Uma delas é a VW Play, que reúne informações do veículo, sistema de som, conectividade e, ainda, oferece uma loja de aplicativos. Entre os apps, está o ''Meu Volkswagen'', que proporciona a experiência de smart car.  

Além disso, há também o app ''We Connect Go'', que possibilita ver os detalhes técnicos do carro como nível de combustível, intervalo de revisões, quilometragem, entre outros.

7. BMW Série 2 Gran Coupé

Entrando na gama de luxo, a BMW entrega muita conectividade no Série 2. No entanto, os serviços estão disponíveis em quase todos os modelos. Entre eles, está o BMW ConnectDrive, que funciona através de um cartão SIM integrado, que faz parte da opção de equipamento Teleservices (6AE).

Para ativar esse pacote, é necessário realizar uma assinatura de autorização junto à concessionária. Com ele, portanto, você pode utilizar opções de serviços como informações de trânsito em tempo real, serviços de concierge e serviços remotos.

O Sistema de Navegação Professional oferece aos condutores uma interface 3D e funções para navegação, office e multimídia. Além disso, também auxilia em viagens e pode ser completamente personalizado. Fora isso, há o Intelligent Personal Assistant, que tem um comando das principais notícias escolhidas pelo usuário.

Os serviços conectados incluem a busca de pontos de interesse de acordo com a localização do veículo. Nesse sentido, é possível encontrar uma farmácia ou até reservar uma mesa em um restaurante sem sair do carro.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

8. Volvo XC90

Na Volvo, o sistema que integra os carros é o Sensus Connect. Nele, é possível utilizar rádio web, streaming de música e outros serviços de entretenimento. Inclusive, a maioria dos serviços possuem comandos de voz.

Através da plataforma, então, motorista consegue realizar uma assinatura no Volvo On Call, um sistema operacional que, além de um sistema de segurança, funciona como um diário de viagem. O serviço fica disponível por 2 anos desde a compra do carro. Após o período, é necessário renovar o plano. Portanto, os preços partem e R$720.

9. Mercedes-AMG GT

Já a Mercedes utiliza o sistema COMAND Online, que atende serviços como entretenimento, navegação e comunicação. Nesse, além das funcionalidades, o sistema traz internet para o veículo. Até três passageiros podem conectar celulares, laptops ou tablet pelo hotspot WLAN/Wi-F, que não vem de fábrica com um cartão SIM próprio.

Por outro lado, é possível acessar páginas da internet, pesquisar pontos de interesse, verificar o clima, etc. A interface ainda tem a função viva voz e a leitura e escrita de mensagens e e-mails, que garantem mais segurança na hora da direção. Em modelos mais esportivos como o AMG GT, por exemplo, essas possibilidades são uma mão na roda.

Bottas
Reprodução/Internet

10. Porsche 911

Na Porsche, o serviço Connect faz o papel da conectividade no veículo. El funciona com um módulo de telefone LTE e um hotspot de Wi-Fi. Assim como vários serviços de GPS e de informação e entretenimento, tanto para uso no veículo, como também no smartphone.

Com o reconhecimento de voz inteligente e o acesso à internet, o motorista pode pesquisar os horários de um restaurantes, fazer pesquisas e interagir com as funções do veículo. De acordo com a marca, ele funciona, basicamente, como um copiloto digital.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se