Hyundai Nexo é primeiro a hidrogênio a passar por crash test

Nexo foi testado por instituto de segurança viária das seguradoras americanas. Modelo recebeu classificação máxima em ensaios

nexo
Nexo foi submetido a seis testes diferentes Crédito: Foto: IIHS/Divulgação

O Hyundai Nexo foi o primeiro carro a hidrogênio a passar por um crash test feito por uma entidade independente no mundo. O modelo foi testado pelo IIHS, o instituto de segurança viária das seguradoras dos Estados Unidos. O Nexo se saiu bem e marcou notas máximas nos testes realizados.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

O marco é importante, já que o hidrogênio é um combustível altamente inflamável. Embora não fosse esperado que o carro explodisse, por exemplo, durante uma batida, algumas preocupações ainda pairavam sobre a opinião pública.

Veja mais:

Como os modelos a hidrogênio ainda são vendidos em quantidades pequenas e somente na Califórnia, eles não costumam ser elegíveis para testes do IIHS. No entanto, a própria Hyundai cedeu uma undiade para restes.

Nexo foi bem

O hatch recebeu classificações “Boas” em todos os seis testes realizados. É a nota máxima dada pelo instituto. O Nexo passou por colisões em apenas uma parte da dianteira, impacto lateral, reforço no teto e testes nos bancos e encostos de cabeça. Em todos os ensaios a classificação foi boa.

Os faróis do carro também foram bem avaliados, enquanto os sistemas de prevenção de acidentes foram classificados como “Superiores”. Também a maior das notas.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas