Tração 4×4 elétrica desponta como tendência

Fabricantes vêm apostando na tração 4×4 elétrica em carros híbridos e movidos apenas a eletricidade

tração traseira elétrica
Versão atualizada do Prius ganhou tração integral com motor elétrico no eixo traseiro Crédito: Foto: Toyota/Divulgação

A Toyota aproveitou o Salão de Los Angeles para mostrar um Prius com tração 4×4 elétrica. É a primeira vez que o hatch híbrido recebe esse tipo de sistema. Grosso modo, o recurso consiste na instalação de um  motor elétrico para tracionar o eixo de trás quando necessário.

Enquanto isso, o conjunto híbrido dianteiro (motor a combustão e elétrico) continua enviando força ao eixo dianteiro. O novo sistema funciona com o Prius rodando a até 69 km/h.

Até os nove quilômetros por hora, o motor elétrico traseiro ajuda na aceleração, para dar mais agilidade ao Prius. A partir daí, a tração 4×4 elétrica só entrará em ação se o hatch deslizar sobre piso escorregadio, por exemplo.

Com o novo recurso, o carro ficou mais seguro. Em países da Europa e Ásia, por exemplo, a tração 4×4 elétrica deverá ser utilizada principalmente em situações de chuva e neve (foco principal da novidade).

3008 foi primeiro híbrido a diesel

Tração 4×4 elétrica não é novidade

A combinação entre motores a combustão para o eixo dianteiro e elétrico para o traseiro não é tão nova. Uma das primeiras aplicações dessa tecnologia foi feita no Peugeot 3008 Hybrid4, modelo de 2012.

O SUV francês tinha motor elétrico no eixo traseiro, que o impulsionava. Essa foi também a primeira vez que um híbrido vendido em larga escala trazia combinação de motor elétrico e a diesel. Até então, os motores a combustão de todos os híbridos eram a gasolina.

No 3008, o eixo traseiro pode funcionar com a única fonte de propulsão. Para isso, basta que o motorista escolha o modo ZEV, totalmente elétrico.

Isso transformava o SUV, por alguns momentos, em um modelo com tração traseira. Mas, diferentemente do Prius com tração 4×4 elétrica recém-apresentado, o 3008 podia ter tração permanentemente nas quatro rodas.

Mais espaço na cabine

Utilizar propulsão elétrica no eixo traseiro tem várias vantagens. Além do menor número de partes móveis, com a consequente redução no consumo de combustível em relação a um 4X4 convencional, o sistema libera espaço interno.

O segredo está na ausência de eixo cardã, que nos 4×4 convencionais serve para enviar a tração para o eixo traseiro. Portanto, não há necessidade de o carro ter túnel central.

O ponto negativo dos carros com tração 4×4 elétrica é a necessidade de haver baterias para alimentar o sistema híbrido. Em geral, as baterias são distribuídas pelo assoalho, para melhorar a distribuição de peso, ou sob o banco traseiro.

Elétricos

Para os modelos 100% elétricos há mais vantagens. O uso de motores nos dois eixos não só melhora a distribuição de peso como também a performance.

Isso ocorre porque os motores elétricos podem ter controle mais preciso de quanta força é direcionada a cada eixo. A tração 4×4 elétrica funciona como um “super controle de estabilidade”, que monitora mais de perto o que ocorre com cada roda.

Além disso, como nos híbridos, não há necessidade de transmissão física de força entre os dois eixos. Portanto, sai de cena o eixo cardã central.

Recurso está no Audi e-tron

Várias fabricantes estão apostando em elétricos de alta performance. Uma delas é a Audi, que está lançando o e-tron, seu primeiro carro 100% elétrico.

O SUV conta com nada menos que 407 cv entregues às quatro rodas. O novo modelo utiliza dois motores, um para cada eixo, com potências distintas.

Em modo normal, apenas o dianteiro, de cerca de 183 cv, é utilizado. Quando o motorista precisa de mais força e pisa firme no acelerador, o motor traseiro, com mais 224 cv, entra em ação.

Jaguar e Porsche também têm

A Jaguar fez parecido com o I-Pace. O SUV também tem dois motores elétricos que acionam de forma independente os dois eixos, conforme a necessidade. A potência total é de 400 cv.

A Porsche usará o mesmo conceito de tração 4×4 elétrica no Taycan. O primeiro carro 100% elétrico da marca alemã será lançado no ano que vem.

VEJA TAMBÉM: OS CARROS DO SALÃO DE LOS ANGELES


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas