VW Virtus 1.6 MSI é mais razão que emoção

Versão 1.6 MSI do VW Virtus, parte de R$ 61.390 e deixa visual mais requintado e equipamentos de lado para oferecer bom espaço

virtus
Virtus MSI 1.6 CRÉDITOS: JF DIORIO/ESTADÃO

Frugal, moderado, sóbrio. Esses são alguns dos termos que cabem para definir a versão de entrada, 1.6 MSI, do Virtus. O sedã produzido pela Volkswagen em São Bernardo do Campo (SP) tem preço sugerido a partir de R$ 61.390.

De série, há rodas de aço de 15 polegadas, ar-condicionado, central multimídia sem integração a aplicativos, quatro air bags, vidros, travas e direção elétricos e banco do motorista com ajuste de altura.

Em relação às versões mais caras, Comfortline e Highline, os equipamentos que mais fazem falta são os controles de estabilidade e tração, o sensor de obstáculos na traseira, o volante com ajuste de altura e profundidade e os retrovisores com ajustes elétricos. Também não há encosto de braço central nem suporte para celular sobre o painel (presente no carro das fotos).

A ausência de detalhes cromados nos para-choques e dos faróis de neblina, oferecidos nas demais versões, deixa o Virtus de entrada com visual despojado. O acabamento da cabine é bem feito, embora não traga detalhes dignos de nota.

O acesso aos comandos é fácil. A posição de dirigir agrada, mas motoristas com menos de 1,75 metro de altura sentirão falta das regulagens para o volante. Os bons 2,65 metros de distância entre os eixos se traduzem em espaço suficiente para levar cinco adultos com conforto.

Como o túnel central é baixo, um eventual quinto ocupante não terá dificuldade para acomodar as pernas. Com 521 litros de capacidade, o porta-malas é amplo. Além disso, tem fácil acesso.

Curta a página do Jornal do Carro no Facebook

Em movimento

O conjunto mecânico é formado pelo motor 1.6 flexível de até 117 cv e pelo câmbio manual de cinco velocidades. A caixa tem bom escalonamento, engates curtos e fáceis. Em rodovias, o trem de força é suficiente para uma condução calma. Para ultrapassar e retomar velocidade é preciso engatar a terceira marcha e pisar firme no pedal da direita.

O ajuste da suspensão agrada. O sistema é rígido o suficiente para evitar que a carroceria balance muito em curvas, sem, por outro lado, tornar incômoda a passagem sobre buracos e piso ruim. As respostas da direção com assistência elétrica são adequadas.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas