Notícias

Bugatti Veyron: quebra da barreira dos 400 km/h completa 15 anos

Veyron 16.4 foi o primeiro carro de produção em série que superou os 400 km/h; motor W16 tinha 1.001 cavalos de potência

Redação

30 de abr, 2020 · 3 minutos de leitura.

veyron" >
Veyron 16.4 foi o primeiro carro de produção em série que superou os 400 km/h
Crédito: Bugatti/Divulgação

Uma importante marca na história do automobilismo acaba de debutar. Já faz 15 anos desde que uma Bugatti Veyron atingiu os 407 km/h, se tornando o primeiro carro de produção em série que rompeu a barreira dos 400 km/h.

O Veyron 16.4, hiperesportivo da montadora francesa, foi construído para ter uma potência superior a 1.000 cavalos, acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos e poder atingir mais de 406 km/h.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

O presidente da Bugatti, Stephan Winkelmann, disse, em comunicado, que ?com o Veyron 16.4, a Bugatti não apenas revelou o que pode ser chamado de primeiro carro hiperesportivo do mundo em 2005, como também alcançou um recorde de velocidade inacreditável?. Para Winkelmann, o carro da montadora francesa de luxo é um ?ícone da história automotiva?.

Veyron: recorde veio na segunda tentativa

A primeira tentativa de ultrapassar os 400 km/h não foi exitosa. Na pista de Ehra-Lessien, o piloto de testes Uwe Novacki conseguiu chegar em 380 km/h. Porém, já na segunda tentativa, o carro chegou a impressionantes 411 km/h. No final das contas, o valor colocado nos documentos de homologação foi de 407 km/h.

Hoje com 71 anos, Novacki diz, em comunicado, que ?nesta velocidade, você precisa se concentrar muito e saber ler a estrada e o carro?. Segundo ele, ?a menor irregularidade ou movimento repentino do volante pode ter consequências dramáticas?.

Motor W16 trazia 1.001 cv e 1.250 Nm

O motor que proporcionava tanta potência e velocidade? Um W16 com 16 cilindros, 8.0 litros. Desta forma, o carro era capaz de entregar 1.250 Nm de torque e 1.001 cv de potência. O Veyron 16.4, assim, conseguia chegar aos 100 km/h em 2,5 segundos. Era uma marca única para um automóvel de produção em série em 2005. Para acelerar até os 300 km/h, eram necessários 16,7 segundos.

o catálogo 0km do jornal do carro tem
ofertas imperdíveis de todas grandes marcas
Logo Jornal do carro
Preencha seus dados abaixo para...
Aceito receber informações e ofertas e que estou
de acordo com termos e condições
Quero receber ofertas do(s) modelo(s)

Obrigado! Em breve entraremos em contato.

x