Redação

28/09/2020 - 4 minutos de leitura.

Encontro de motos pode ter contribuído para 260 mil casos do novo coronavírus

Encontro de Sturgis, nos EUA, foi mantido mesmo com a pandemia do novo coronavírus, reuniu 500 mil pessoas e, por causa das aglomerações, pode ter causado 260 mil infecções e R$ 66 bi em custos para o sistema de saúde

coronavírus
EVENTO DE STURGIS É UM DOS MAIS TRADICIONAIS PARA MOTOCICLISTAS NOS EUA Crédito: Kristina Barker/REUTERS
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Um dos eventos mais importantes para os motociclistas nos Estados Unidos, o encontro de Sturgis pode ter sido um polo gerador de 260 mil casos do novo coronavírus. Isso porque a edição de 2020 foi mantida mesmo em meio à pandemia da covid-19. Ocorreu entre 7 e 16 de agosto. O dado sobre os novos casos é de um centro de estudos de economia da saúde da Universidade de San Diego, na Califórnia.

O encontro de Sturgis em 2020 reuniu cerca de 500 mil pessoas. A cidade de Sturgis, que fica no Estado da Dakota do Sul é tomada todos os anos por motos e motociclistas. Especialmente donos de modelos custom como Harley-Davidson e Indian.

Aliás, a ligação da marca com o evento é tão grande que foi criado o Harley-Davidson Rally Point. O local, uma espécie de praça com um prédio e um espaço de convivência. Montado desde 2015 no centro da cidade, é dedicado aos proprietários e fãs da Harley.



De acordo com o estudo, em Sturgis havia o pior cenário possível para alguém estar durante uma pandemia. Isso inclui grandes aglomerações por longos períodos de pessoas de vários locais dos EUA.

Além disso, a maioria das pessoas não seguiu as recomendações do setor de saúde. A maioria não usava máscaras de proteção e não manteve o distanciamento social. Além disso, não fer uso recorrente de álcool gel. Segundo o estudo, o impacto no setor de saúde será de US$ 12 bilhões ou R$ 66 bilhões na conversão direta.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Metodologia do estudo

Para chegar aos dados, os pesquisadores usaram dados anônimos de celulares que diferenciavam os que não eram de residentes da cidade e o tráfego a pé em restaurantes e bares, lojas, hotéis e campings. Usaram também dados do Centro de Controle de Prevenção de Doenças (CDC).

Com isso, foi possível avaliar  aumento dos casos para 7 a cada mil pessoas na região do evento. Por fim, foi identificado que os locais que reuniram um grande número de visitantes registraram um aumento de 7% para 12,5% nos casos de covid-19.

Esse número foi apurado na comparação com locais em que não foram registrados um número grande de pessoas indo a Sturgis. Confirmados, foram 290 casos em 12 Estados relacionados ao evento.

Mas o estudo levanta a questão dos assintomáticos que contraíram o vírus, não mostraram sinais de infecção e continuaram a viver normalmente, criando uma cadeia de infecção. E assim chegaram a possibilidade de 260 mil pessoas infectadas por dispersas por todo os Estados Unidos.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais