Primeira Classe

Dois novos SUVs vão sacudir o Brasil

Repetindo 2015 e 2017, 2019 deverá ser novamente o ano dos novos SUVs

Rafaela Borges

14 de jan, 2019 · 6 minutos de leitura.

Volkswagen T-Cross novos SUVs" >
T-Cross
Crédito: Modelo da VW é um dos novos SUVs que vêm em 2019 (Foto: José Patricio/Estadão)

Já virou um fenômeno bienal no Brasil. Os ímpares são os dos novos SUVs. Duvida? Então veja só: em 2015 foi Renegade e HR-V.

Já 2017 foi o ano do Captur e do Creta, fora o Kicks brasileiro e a reestilização do Tracker. E 2019, heim? O ano será novamente dominado por novos SUVs?

Minha aposta: será. Na última sexta-feira (11), a Chevrolet deixou claro que o primeiro produto brasileiro da nova plataforma do Onix não será o Onix, e sim um SUV. Mais precisamente, o sucessor do Tracker.


GALERIA: OS SUVS MAIS VENDIDOS NO BRASIL EM 2018

Indício

O sucessor do Tracker vem aí, e não deve demorar. A Chevrolet divulgou na sexta-feira a primeira imagem de seu SUV compacto.

Tradicionalmente, a Chevrolet divulga "teasers" de modelos com lançamento próximo. Primeiro, vem uma imagem escurecida, ou um pedaço do carro. Um ou dois meses depois, chega a primeira foto do veículo por inteiro.


Após esse processo, o lançamento não tarda. É possível até apostar que o sucessor do Tracker venha já em meados do ano, ficando o Onix para o último trimestre - ou até mesmo para 2020.

Mas será que esse SUV vai manter o nome de Tracker? Essa é uma aposta difícil.

VÍDEO DA SEMANA: DESCUBRA OS SEGREDOS DO JEEP COMPASS


 

Histórico

Cinco Salões de Detroit (EUA) atrás (a edição 2019 começa nesta semana), o então presidente da GM do Brasil, Jaime Ardila, já havia contado a esta que vos bloga que um SUV compacto estava sendo desenvolvido para o mercado brasileiro (outro indício de que já é hora de o modelo, finalmente, chegar).


"O Tracker não deu certo", disse, à época, o então presidente. Só que depois disso o Tracker ganhou reestilização e um novo motor 1.4 turbo. Melhorou um pouco seu desempenho no mercado.

Porém, ele nunca chegou nem perto de ameaçar os líderes Creta, HR-V, Renegade e Kicks. O máximo que conseguiu foi ficar um pouco próximo, no início do ano, do EcoSport, que hoje ocupa posições medianas no ranking de SUVs compactos.

Será, então, que a Chevrolet (agora sem o comando de Ardila) considera essa melhora tão significativa a ponto de promover o Tracker a sucesso, ou ao menos manter o nome? Façam suas apostas.


VÍDEO: Detalhes do T-Cross e de outras atrações do Salão do Automóvel

 


Por que 2019 será dos novos SUVs

Este ano será o dos novos SUVs porque, além do Tracker, teremos o T-Cross.

Tudo o que você precisa saber sobre o novo SUV da Volkswagen está aqui.

Esse novato está na lista dos novos SUVs que não vêm para brincar. Ele vem para brigar com os líderes. Com ele, a Volkswagen quer enfrentar de igual para igual os campões de vendas (Creta, HR-V, Renegade, etc).


LEIA TAMBÉM

Mais um indício de que a Chevrolet não apenas deve, como precisa, lançar seu novo SUV compacto rapidamente: a liderança desse segmento pode determinar também se será esta marca, ou a Volkswagen, a líder de vendas em 2019.

Méritos para brigar lá na frente o T-Cross tem. A começar pela linha formada exclusivamente por motores turbo com injeção direta de combustível. Ele é o único carro do segmento a trazer dois motores desse tipo.


Ainda entre os novos SUVs, para 2019, também está marcada a chegada do novo HR-V Touring, com o motor 1.5 turbo do Civic (173 cv). Já o SUV da Fiat só vem a partir de 2020 - e pode ficar até para depois.

CONHEÇA MEU PERFIL NO INSTAGRAM

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Luxo em dose dupla: Porsche 918 Spyder e hotel Ritz, em Paris. #BoaNoite ? @mateo.r.photography #Porsche #918spyder #fast #speed #car #carro #instadaily #ritz #paris #luxo

Uma publicação compartilhada por Rafaela Borges (@rafaelatborges) em


Newsletter Jornal do Carro - Estadão

Receba atualizações, reviews e notícias do diretamente no seu e-mail.