Primeira Classe Rafaela Borges

Volvo quer ajudar a vender carros de rivais

Bem humorada, nova campanha ‘ajuda’ consumidores na venda de seus carros a diesel para compra de XC60

Evoque campanha da Volvo
Evoque é um dos carros da campanha Crédito: Foto: Volvo/Divulgação

A Volvo investiu no humor – e em uma leve provocação à concorrência – na nova campanha do XC60 a diesel. A peça estreia nas redes sociais (Facebook e YouTube) da marca nesta sexta-feira (11).

Na campanha, a Volvo pretende ajudar a vender alguns carros usados da concorrência. Mas com um interesse, claro. É para que seus clientes possam comprar o XC60 a diesel.

Os vídeos começam parecendo ser uma propaganda de carros de outras marcas – como Jeep Compass e Land Rover Evoque. Os modelos são valorizados com adjetivos como “estupendo” e “a sétima maravilha do mundo”.

LEIA TAMBÉM

Após a exaltação dos produtos, a conclusão do narrador é: “Por que (o cliente em questão) quer vender um fenômeno desses?”

A resposta: “Para comprar o Volvo XC60 a diesel.” No vídeo do Compass (da consumidora Bruna), chamado de “a sétima maravilha do mundo”, a Volvo descreve o XC60 de “a oitava maravilha”.

E pede para que a audiência compre o Compass usado da Bruna, “para ajudá-la a comprar o novo XC60”.

GALERIA: OS CARROS DE LUXO MAIS VENDIDOS EM 2018

Os consumidores dos vídeos da Volvo

De acordo com a Volvo, os clientes são reais. A marca sueca informa que se colocou à disposição para ajudá-los a vender seus modelos, produzindo os vídeos que você vê neste post. Isso sem que eles se comprometessem a comprar o XC60 depois.

Além do Compass da Bruna, a campanha traz o Evoque do Douglas. Outros carros que a Volvo pretende  ajudar a vender são Toyota Hilux SW4 e BMW X1.

Além do vídeo, há ainda campanha em fotos. Inclusive, nas peças, a Volvo deixa o e-mail dos proprietários dos carros, para que interessados possam entrar em contato.

Os modelos da concorrência aparecem na campanha sem o emblema de suas marcas.

LEIA TAMBÉM

Provocação a rivais em propagandas

Provocar concorrentes em comerciais é uma prática muito comum na Europa, e pouco vista no Brasil. Por aqui, um dos exemplos mais famosos é o da Nissan.

Na famosa campanha dos “Pôneis malditos”, a marca, sem citar a picape Hilux, provocava a Toyota, insinuando que a concorrente de sua Frontier era fraca – por não ter cavalos, e sim pôneis.

Na Europa, a Audi lançou um comercial que insinua que os clientes da Mercedes-Benz são conservadores.

Em outro comercial, a Audi simulou um passeio de um R8 vermelho em Maranello, na Itália, a cidade da Ferrari. O resultado, que você pode conferir abaixo, é bem divertido.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Mais artigos