Avaliamos a versão topo do Honda HR-V

Nova versão do Honda HR-V tem poucos itens a mais que a EXL, mas é R$ 4.500 mais cara

Honda

O Honda HR-V, líder de vendas entre os utilitários-esportivos compactos no País, acaba de ganhar uma nova versão de topo. Trata-se da Touring, com tabela de R$ 105.900 – são R$ 4.500 a mais que o preço da EXL, que continua em linha.

No visual, o principal diferencial da nova versão está no conjunto ótico. Nos faróis e nas lanternas traseiras, as lâmpadas convencionais deram lugar a luzes de LEDs.

A lista de itens de série, por sua vez, ganhou air bags laterais do tipo cortina, sensor de obstáculos na traseira, retrovisor interno fotocrômico e acionamento automático dos limpadores de para-brisa.

Em comum com a versão EXL, a Touring traz ar-condicionado digital, direção elétrica, central multimídia com tela sensível ao toque de 7”, navegador GPS e câmera atrás, além de controle de velocidade de cruzeiro, assistente de partida em rampas, controles de tração e estabilidade, bancos de couro e rodas de liga de 17”.

Mas faz falta algum equipamento que diferencie o HR-V da concorrência, como ajuste elétrico para o banco do motorista. Há rivais que oferecem conteúdo similar ao do HR-V por preços menores. A versão Prestige do Hyundai Creta, por exemplo, traz motor 2.0 com 26 cv a mais que o do Honda e custa R$ 6 mil a menos.

Rodando. Ao contrário do que ocorre na opção de mesmo nome do sedã Civic, o HR-V Touring não traz turbo. Seu conjunto mecânico é o mesmo das demais versões do jipinho: motor 1.8 flexível, que gera até 140 cv com etanol, associado ao câmbio automático CVT, com sete marchas virtuais, que podem ser trocadas por aletas atrás do volante.

Bem dimensionado para o peso do carro, o motor tem funcionamento suave no trânsito urbano e em velocidade de cruzeiro, mantendo-se em faixas baixas de rotação. Isso favorece a economia de combustível.

Em ultrapassagens, por sua vez, o carro não empolga, graças ao certo torpor do câmbio CVT. Os giros do motor sobem muito rápido, mas o Honda demora a deslanchar

Pros
Espaço Interno
Cabine é das mais amplas do segmento, graças a soluções de aproveitamento da área herdadas do monovolume Fit.

Contras
Custo-benefício
Não há itens que justifiquem a diferença de R$ 4.500. Há rivais que oferecem conteúdo similar por preço menor.

Ficha técnica

Preço sugerido
R$ 105.900
Motor
1.8, 4 cil., 16V, flexível
Potência (cv)*
140 a 6.500 rpm
Torque (mkgf)*
17,4 a 5.000 rpm
Câmbio
Automático, CVT


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas