Ford Ranger ganha reestilização nos Estados Unidos

Depois de ser descontinuada nos EUA em 2011, picape volta com novo visual, já como linha 2019

Crédito: Ford

A Ford revelou imagens da nova geração da picape Ranger para o mercado norte-americano. O modelo faz sua estreia oficial nesta semana, durante o Salão de Detroit, e chega às concessionárias daquele país na segunda metade do ano, já como linha 2019. No Brasil, é provável que seja mostrada em novembro, durante o Salão do Automóvel de São Paulo.

A picape, que para o mercado brasileiro vem sendo trazida da Argentina, estava fora de linha nos EUA desde 2011, onde era considerada um produto pouco rentável em comparação com a F-150.

Agora, ela recebeu atualizações de estilo adaptadas para o gosto dos norte-americanos, acompanhando o visual global da marca. Na dianteira, a grade hexagonal horizontal está mais fina e para-choque e entradas de ar foram redesenhados. Perfil e traseira não mudaram.

A plataforma é a mesma T6 de todas as variantes da Ranger vendidas globalmente. A estrutura traz aços de alta resistência, mesmo material dos para-choques. São três versões de acabamento (XL, XLT e Lariat, esta última com opções de pacotes de visual esportivo ou off-road). A tração pode ser dianteira ou integral.

A cabine leva cinco pessoas e recebeu acabamento mais caprichado, com direito a central multimídia com tela de 8″, GPS e sistema de som Bang & Olufsen. O painel de instrumento tem duas telas digitais. As versões mais caras trazem sensor de obstáculos traseiros, assistente de permanência em faixa, controle de velocidade de cruzeiro adaptativo e sensor de ponto cego.

Mecânica

Para os EUA, por enquanto o único motor oferecido será o Ecoboost 2.3 turbo de quatro cilindros (que, no esportivo Mustang, gera 314 cv), acoplado a uma transmissão automática de 10 velocidades. Haverá uma variante Raptor, com um V6 turbo, a ser apresentada na Ásia no mês que vem.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas