Você está lendo...
Novo Citroën C3 terá versões flex 1.0 manual e 1.6 automática
Notícias

Novo Citroën C3 terá versões flex 1.0 manual e 1.6 automática

Citroën C3 virá com motor 1.0 Firefly de 75 cv de potência máxima e 1.6 flex do Peugeot 208 com até 120 cv; opções de câmbio se dividem em manual e automático

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

06 de jul, 2022 · 5 minutos de leitura.

Citroën
Citroën C3 brasileiro terá versões Live 1.0, Feel 1.0, First Edition 1.0, Feel 1.6, Feel 1.6 Pack AT, First Edition 1.6 AT
Crédito:Citroën/Divulgação

O fornecimento de chips para a produção de veículos está escasso desde o ano passado, e se tornou um problema na produção de carros novos. A falta de semicondutores mudou o cronograma de lançamentos. E um dos afetados é o novo Citroën C3. O hatch estrearia no País em março, quando começou a produção em Porto Real (RJ), mas só deve chegar em agosto. Nos últimos dias, as primeiras unidades emplacadas revelaram versões e motores.

De acordo com o site Autos Segredos, a Citroën confirmou a nova data aos concessionários. Ao menos, o lançamento parece mais perto de acontecer. É o que mostra o flagra (abaixo). Em meio a um comboio de novidades da Stellantis, unidades do C3 rodam sem camuflagem. E os dados do Denatran confirmam: o compacto terá motores 1.0 e 1.6 flexíveis.

Citroën
AutosSegredos/Reprodução

O hatch revelado mundialmente em setembro de 2021 terá, no País, as versões Live 1.0, Feel 1.0, First Edition 1.0, Feel 1.6, Feel 1.6 Pack AT, First Edition 1.6 AT.

Motores

A princípio, as configurações Live, Feel e First Edition do novo Citroën C3 terão motor 1.0 Firefly, como no Fiat Argo e no Peugeot 208. Tem, portanto, 71 cv e 10 mkgf de torque a 3.250 rpm, com gasolina no tanque. Com etanol, os números sobem para, respectivamente, 75 cv e 10,7 mkgf. Aqui, o câmbio é sempre manual de 5 marchas.

As versões Feel, Feel Pack e First Edition com motor 1.6 terão potência de 113 cv e torque de 15,4 mkgf a 4.250 rpm, quando bebe o derivado do petróleo. Já com o combustível vegetal no tanque, gera 120 cv e 15,6 mkgf - também a 4.500 rpm. As opções de câmbio se dividem em manual de 5 marchas e automático, de 6. A mecânica, por fim, vem do primo Peugeot 208. E chegará ainda uma variante elétrica por aí (leia mais).




Igual o indiano?

Bem como o modelo indiano, apresentado no ano passado, o Citroën C3 brasileiro deve vir com as seguintes medidas: 3,98 metros de comprimento, 1,73 m de largura e 1,58 m de altura. Já o entre-eixos fica em 2,54 metros.

Novo Citroën C3
Citroën/Divulgação

O porta-malas do hatch comporta 315 litros de bagagem. Mas, por enquanto, são números extraoficiais. Afinal, os dados do modelo nacional ainda não foram divulgados.


Conteúdo

E se as medidas podem diferir entre o modelo asiático e o brasileiro, o mesmo pode se dizer do conteúdo. O novo C3 virá, pelo menos, com o básico. Ou seja, airbag duplo, freios ABS e controles de tração e estabilidade. Tela central, rodas de liga leve, quadro de instrumentos digital, ar-condicionado, entre outros mimos, também estarão no hatch.

Citroën/Divulgação

Entretanto, o modelo terá bancos dianteiros com apoios de cabeça integrados. Ou seja, os assentos da versão de entrada serão mais finos e com espessura menor. Já as versões mais caras devem ter encosto separado, mais apoio para as pernas e abas maiores.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Fiat Cronos 1.3 Flex
Oferta exclusiva

Fiat Cronos 1.3 Flex

Deixe sua opinião