Você está lendo...
Quanto custa um carro elétrico? Veja os 10 mais acessíveis
Mercado

Quanto custa um carro elétrico? Veja os 10 mais acessíveis

Depois que o Renault Kwid E-Tech voltou a encostar na faixa dos R$ 140 mil, BYD Dolphin Mini toma o posto de carro elétrico mais barato

Vagner Aquino, especial para o Estadão

18 de mai, 2024 · 4 minutos de leitura.

Publicidade

carro elétrico
Dolphin Mini é o elétrico mais vendido e o mais barato do País
Crédito:Vagner Aquino/Especial para o Estadão

Nem mesmo a volta do imposto de importação barrou a ascensão do carro elétrico no Brasil. Em janeiro, o governo Lula determinou o aumento das alíquotas, que serão graduais, até atingir o patamar de 35% em julho de 2026. Entretanto, ao contrário do que se pensava, o País continua avançando na transição para a mobilidade sustentável e vendendo cada vez mais. Isso é mérito do investimento de fabricantes chinesas, que introduzem no mercado nacional produtos cada vez mais acessíveis. Enquanto isso, os modelos a combustão, só aumentam.



O exemplo mais recente dessa nova realidade vem da Hyundai, que aumentou os preços do Creta pela segunda vez em apenas 15 dias. O preço base do SUV, de R$ 142.090, é R$ 26.290 maior que o carro elétrico mais barato do Brasil, o BYD Dolphin Mini, de R$ 115.800. Cabe ressaltar que o posto pertencia ao Renault Kwid E-Tech que, em fevereiro, baixou para R$ 99.990, afinal, o público (e as montadoras) pensou que o Dolphin Mini chegaria com preço extremamente agressivo. Nesse sentido, a lista dos dez carros movidos por energia elétrica mais baratos à venda no País fica assim:

BYD Dolphin Mini: R$ 115.800
Caoa Chery iCar: R$ 119.990
JAC e-JS1: R$ 126.900
Renault Kwid E-Tech: R$ 139.990
BYD Dolphin: R$ 149.800
GWM Ora 03: R$ 150 mil (R$ 184 mil na versão GT)
Hyundai Kona EV: R$ 189.990
Seres 3: R$ 199.990
Fiat 500e: R$ 214.990
BYD Yuan Plus: R$ 229.800

Publicidade


Mais vendido também é da BYD

De acordo com dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), no fechamento de abril, o Dolphin Mini se manteve no topo do pódio das vendas de modelos movidos a energia elétrica. Os registros apontam que o novato emplacou 3.143 unidades no período. Ou seja, em abril, vendeu mais que modelos tradicionais, como o Toyota Corolla, por exemplo.

carro elétrico
Caoa Chery iCar é o segundo elétrico mais barato do País (ALEX SILVA/ESTADAO)

A fabricante chinesa, aliás, ocupa também a segunda, a quarta e a quinta posição do top five. Respectivamente, o hatch Dolphin (1.618), o sedã Seal (283) e o SUV Yuan Plus (196). Com vendas indo de “vento em popa”, a BYD resolveu ampliar o investimento no Brasil para R$ 5,5 bilhões. A montadora vai inaugurar sua fábrica em Camaçari (BA), onde funcionava a Ford, até janeiro de 2021. Por meio do aporte, a construção será acelerada para que se inicie a produção de veículos em terras brasileiras ainda neste ano. No segundo semestre.


Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião