Rolls-Royce Spectre
Rolls-Royce/Divulgação

Rolls-Royce bate recorde e vende mais de 6 mil carros em 2023

Marca dona do carro mais caro do mundo, Rolls-Royce expandiu suas operações e lançou seu primeiro modelo elétrico no ano passado

Por Thais Villaça 09 de jan, 2024 · 4m de leitura.

Vender seis mil veículos pode parecer pouca coisa para a maior parte das montadoras. Mas não para a Rolls-Royce. Isso porque uma das marcas mais luxuosas do mundo (quiçá a mais) não vende carros por menos de R$ 1,5 milhão – isso na Inglaterra, seu país de origem. Mas também tem modelos exclusivos que chegam a inacreditáveis R$ 125 milhões. Já no Brasil, os carros da marca custam, em média, entre R$ 4,5 milhões R$ 6,5 milhões.

Dessa forma, esses 6.032 carros, para sermos mais precisos, comercializados ao redor do mundo em 2023 são motivo de comemoração para a Rolls-Royce. É um recorde histórico para a marca, que completa 120 anos em 2024 e hoje pertence ao Grupo BMW.

“2023 foi mais um ano extraordinário para a Rolls-Royce, com forte performance nas vendas em todas as regiões e em todo o portfólio de produtos. É especialmente encorajador ver o enorme interesse e a alta demanda pelo Spectre, apoiando nossa decisão em adotar uma estratégia ousada de eletrificação para o desenvolvimento e produção de futuros modelos”, disse Chris Brownridge, CEO da marca.

Rolls-Royce
Rolls-Royce Boat Tail é o carro mais caro do mundo (Rolls-Royce/Divulgação)

Crescimento da Rolls-Royce no mundo

Os modelos Dawn e Wraith tiveram sua produção encerrada no último ano, mas a Rolls-Royce expandiu suas filiais mundo afora. Em 2022, a marca chegou a Dubai (Emirados Árabes Unidos) e, em 2023, a Xangai (China). Seul (Coréia do Sul) e América do Norte também serão contemplados neste ano. 

Não é surpresa que a Rolls-Royce se estabeleça nos EUA, que é seu maior mercado – seguido pela China, claro. Mas no Oriente Médio, na região Ásia Pacífico e na Europa a montadora também estabeleceu recordes no ano passado.

Rolls-Royce/Divulgação

Modelos mais vendidos

Assim como em 2022, o primeiro SUV da marca, o luxuosíssimo Cullinan, foi o modelo mais vendido em 2023. Em seguida, aparecem o Ghost e o Phantom. O Dawn, feito desde 2015, e o Wraith, de 2013, foram descontinuados no último ano. Entretanto, este último ficará marcado na história como o último cupê da Rolls-Royce equipado com motor V12: o Black Badge Wraith Black Arrow (foto acima), edição limitada com 12 unidades produzidas.


Para substituí-los, a empresa iniciou a produção do Spectre, seu primeiro carro elétrico, em meados de 2023. As primeiras entregas foram feitas no final do ano passado e devem se estender até 2025.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.