Você está lendo...
Shineray lança moto elétrica SHE S que roda 150 km e chega a 90 km/h
Lançamentos

Shineray lança moto elétrica SHE S que roda 150 km e chega a 90 km/h

Disponível em versões especiais limitadas, Shineray SHE S mistura visual esportivo e clássico; moto elétrica tem preço sugerido de R$19 mil

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

29 de mar, 2022 · 4 minutos de leitura.

Shineray SHE S
Nova moto elétrica da Shineray é equipada com motor de 3000W de potência
Crédito:Divulgação/Shineray

A Shineray continua a apresentar boas novidades no crescente segmento de motos elétricas no Brasil. A marca, que tem fábrica em Pernambuco, anunciou a chegada da SHE S, nova moto street equipada com um motor de 3000 W de potência. Com ele, o modelo consegue alcançar 90 km/h de velocidade máxima e ter uma autonomia de até 150 km.

De acordo com a fabricante, a nova moto entrega a união entre performance e sustentabilidade. Assim, ela pode ter uma ou duas baterias removíveis de 72V, que carregam em até 3 horas em tomadas comuns. Além disso, elas são projetadas para ter 2.500 ciclos, o que, segundo a Shineray, prolonga a duração entre 6 e 7 anos

''Esse produto foi projetado para ir além dos benefícios mais conhecidos de uma motocicleta elétrica, agregando o prazer de pilotar e um visual esportivo à economia e sustentabilidade'', disse o diretor de Supply Chain da Shineray do Brasil, Thomas Edson.


SHE S
Divulgação/Shineray

Foco na mobilidade

A SHE S estreou no mercado brasileiro com uma proposta moderna, voltada para o meio urbano. Dessa forma, é um modelo compacto que mistura elementos clássicos com um apelo mais naked esportivo. Uma identidade visual que pode chamar atenção de um vasto público.

A moto possui uma ampla cartela de cores que, segundo a marca, vai atender as diversas demandas. Mas, não é só. Nessa época de lançamento, a SHE S terá duas versões especiais com quantidades limitadas. A edição traz designs inspirados nos super-heróis nas cores preta com azul e dourada com vermelho.




E o preço?

Aqui no Brasil, a novidade se une à gama elétrica da Shineray que já possui três scooters elétricas à venda no mercado: a SE1, SE2 e SE3. No entanto, o preço da SHE S é um pouco mais alto devido às novidades de motorização e estrutura. Portanto, o valor é de R$ 18.990, sem contar com o frete e impostos de acordo com a região.

SHE S
Divulgação/Shineray

''A mudança de veículos a combustão para elétricos é notável e o ritmo da substituição de frota de duas rodas vem surpreendendo. Com isso, vem se consolidando a tendência de que o consumidor veja a moto elétrica como opção de mobilidade e as empresas e profissionais como solução de logística'', conclui Thomas.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se