Uber e Waymo fazem acordo para evitar processo sobre carros autônomos

Waymo processou Uber por usar sua tecnologia em futuros carros autônomos

Waymo
Volvo autônomo do Uber Crédito: Volvo

O Uber e a Waymo pegaram o mercado de surpresa ao fechar um acordo. Ele acaba com o processo que as empresas estavam a travar. Segundo a Reuters, o Uber dará à Waymo uma participação de US$ 245 milhões (cerca de R$ 800 mil) na empresa. Isso para encerrar os processos legais que iniciaram em São Francisco no início desta semana.

A quantia é significativamente menor do que a Waymo buscava. A publicação diz que a empresa queria pelo menos US$ 1 bilhão (R$ 3,3 bilhões) no ano passado. O relatório também diz que a Waymo propôs um acordo de US$ 500 milhões (R$ 1,7 bi). Mas que foi rejeitado pelo conselho do Uber na semana passada.

Furto de documentos

O caso remonta do ano passado, quando a Waymo processou o Uber por usar sua tecnologia no desenvolvimento de carros autônomos. O caso centrou-se em Anthony Levandowski, que teria baixado mais de 14 mil arquivos da Waymo antes de sair da empresa. Mais tarde, co-fundou uma empresa autônoma de transporte rodoviário chamada Otto, que foi comprada pela Uber.


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Ofertas Carros 0km

Ofertas com condições especiais


Notícias relacionadas