Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

10/05/2021 - 5 minutos de leitura.

GM confirma nova Montana no Brasil que vai crescer e virar rival da Fiat Toro

Sem citar nome da velha Montana, GM diz que nova picape será inédita e usará a plataforma dos novo Onix, Onix Plus e Tracker

picapes
Montana_Kleber_Silva_KDesign Crédito: Kleber Silva/KDesign
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A General Motors do Brasil acaba de anunciar que fará uma picape inédita. O novo modelo será feito em São Caetano do Sul, no ABC paulista. Sem citar detalhes, a montadora informa apenas que o futuro utilitário pretende ampliar a presença da marca Chevrolet neste “próspero segmento”. A picape em questão é a nova geração da Montana, que vai crescer e virar rival da Fiat Toro e da Renault Oroch.

Montana
Kleber Silva/KDesign AG

“O modelo chegará para complementar a linha de picapes Chevrolet. Além disso, vai estrear um conceito completamente inovador para a marca no segmento de veículos utilitários”, diz Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul. A empresa não revelou quando vai lançar a nova picape. Contudo, informou que os ajustes na fábrica começam a ser feitos nas próximas semanas.

Base de Onix e Tracker

Ou seja, isso indica que o lançamento será entre o fim de 2021 e o início de 2022. Segundo a GM, a nova picape faz parte do investimento de R$ 10 bilhões que estava congelado. Ou seja, o projeto foi retomado em janeiro deste ano. Além disso, o modelo usará a mesma plataforma modular GEM, utilizada pelos novos Onix e Onix Plus e também pelo SUV Tracker. Essa arquitetura foi feita na China em parceria com a SAIC.

Será a Grand Montana?

Por ora, sabe-se apenas que a nova picape vai suceder a Montana, que era a picape do Agile. O novo carro deverá ter muito em comum com o Tracker, podendo herdar, inclusive, peças de acabamento e os motores flexíveis com turbo. Assim como o desenho da dianteira. O porte será próximo ao da Toro. Contudo a picape Chevrolet terá proposta urbana, sem tração 4×4.

No início do mês de maio, a Chevrolet deixou de oferecer a Montana na Argentina. Com as adaptações que serão feitas na fábrica, a picape deverá sair de cena. Segundo rumores, o modelo vai se chamar Grand Montana. Contudo, não há nenhuma informação oficial.

chevrolet montana
Chevrolet/Divulgação

De acordo com a GM, a linha de montagem vai receber ajustes em várias etapas. Assim, deve reduzir os impactos na produção. A fábrica receberá ferramentais específicos que irão exigir readequação do fluxo fabril e treinamento de funcionários. A GM vai exportar o novo modelo para países da região. Por isso, a nova picape terá papel relevante na marca.

Segmento em alta

“Adicionar um produto totalmente novo numa linha de montagem ativa é sempre uma jornada complexa. Sobretudo diante dos desafios tecnológicos que o projeto impõe. Até por causa disso, a preparação da fábrica terá diversos estágios, que levarão meses cada um deles”, diz Luiz Carlos Peres, vice-presidente de Manufatura da GM América do Sul.

O segmento de picapes intermediárias vem crescendo. Ou seja, são modelos maiores que as compactas, como a Fiat Strada e a Volkswagen Saveiro. Porém, menores que a Toyota Hilux e a Ford Ranger. Dessa forma, vem atraindo novos competidores.

Entre as novatas estão a Ford Maverick e a Hyundai Santa Cruz. As duas devem ser vendidas também no Brasil. A picape da Ford está pronta. Com produção no México, ela é derivada do Bronco. Por sua vez, a Santa Cruz acaba de entrar no configurador do site da Hyundai nos Estados Unidos. No Brasil, o modelo usaria a base do SUV Creta.

*Atualizada às 18h20



Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais