Você está lendo...
Novos C3, City, Kwid, Yaris e Polo: hatches que serão lançados em 2022
Lançamentos

Novos C3, City, Kwid, Yaris e Polo: hatches que serão lançados em 2022

Segmento de hatches terá várias novidades importantes em 2022, e várias delas virão logo no primeiro trimestre do ano, entre janeiro e março

Diogo de Oliveira

27 de dez, 2021 · 14 minutos de leitura.

Novos hatches lançamentos 2022
Segmento de hatches compactos terá vários lançamentos importantes em 2022 no Brasil
Crédito:Citroën/Honda/Renault/VW/Divulgação

As vendas de carros novos em 2021 confirmam a preferência atual dos brasileiros pelos SUVs. As picapes também estão em alta, com vários lançamentos previstos para 2022. Entretanto, quando olhamos para os modelos de maior volume, os hatches mostram sua força. Historicamente, é o segmento mais importante do mercado nacional.

Por isso, o próximo ano terá novidades de várias marcas, incluindo hatches inéditos, como é o caso do Honda City hatch, que estreia em fevereiro, com entregas a partir de março. Nessa mesma época, a Citroën lançará a nova geração do C3, que virá com estilo de SUV e promete brigar entre os líderes, com aposta na conectividade e em preços acessíveis.


A disputa será tão acirrada, que logo em janeiro o mercado receberá dois hatches renovados: Renault Kwid e Toyota Yaris. Ambos serão reestilizados e ganharão conteúdos que prometem mexer com as peças do tabuleiro da categoria. E não é só: para o 2º semestre, a Volkswagen prepara a renovação do Polo, que ganhará o visual europeu.

Confira a seguir os novos hatches confirmados para chegar em 2022.

Novo Toyota Yaris

Toyota Vios
Toyota/Divulgação

A Toyota não vai esperar a chegada do inédito City hatch, e lançará a linha Yaris 2023 logo após a virada de ano. O compacto da marca japonesa ganhará a mesma reestilização feita na Tailândia em 2020. A dianteira concentra as principais mudanças visuais. Os faróis serão mais integrados à grade, que é enorme e se prolonga até a base do novo para-choques.

Para competir com o City hatch e com outros rivais, como o Hyundai HB20, o novo Toyota Yaris terá mais tecnologias embarcadas. A versão de topo, por exemplo, virá com iluminação Full LEDs na dianteira. No interior, está prevista uma alteração na central multimídia, que ficará maior e mais esperta. Outra expectativa é a oferta da variante esportiva GR-S.

Mas nada de turbo. A nova versão deverá chegar com o atual motor 1.5 flexível e aspirado de quatro cilindros e 16 válvulas. Ele gera 110 cv de potência e um torque de 14,9 kgfm, conectado ao câmbio automático CVT com 7 marchas virtuais. Ou seja, terá só visual esportivo. Esta deverá ser a última atualização do Yaris, que dará lugar ao SUV Raize.


Novo Renault Kwid

Renault Kwid 2023
Renault/Divulgação

Ainda em janeiro, logo após a estreia do Yaris 2023, o mercado brasileiro conhecerá o novo Renault Kwid. O subcompacto feito em São José dos Pinhais, no Paraná, ganhará o visual do modelo da Índia. Destaque para a frente com os faróis separados em dois nichos. Na parte superior ficam as luzes de seta e os LEDs diurnos, e embaixo os projetores.

De resto, o pequeno SUV terá leves alterações, como, por exemplo, na traseira, onde as lanternas ganharão nova disposição de luzes e LEDs. Por dentro, o novo Kwid terá algumas novidades, como um quadro de instrumentos com LEDs. Já a lista de equipamentos deverá incluir o controle de estabilidade, tornando-o mais seguro.


Em relação à mecânica, fica a expectativa sobre o que a Renault fará. O atual motor 1.0 flexível de três cilindros deve receber ajustes para se adequar aos novos limites de emissões do Proconve L7. Além disso, a Renault já confirmou que vai lançar o Kwid elétrico em 2022. A versão que pluga na tomada promete ser a mais acessível do Brasil.

Novo Citroën C3

Novo Citroën C3
Citroën/Divulgação

A Citroën vai renascer em 2022 com o lançamento da nova geração do C3. Feito para mercados emergentes, como Índia e Brasil, o compacto chega às lojas daqui logo no 1º trimestre, já com produção local na fábrica da PSA Peugeot Citroën em Porto Real, no sul do Rio de Janeiro. Um dos destaques é o estilo de mini SUV, com a carroceria mais alta.


As medidas, entretanto, serão próximas às do Fiat Pulse, que tem tamanho parecido com o dos hatches Argo e Chevrolet Onix, por exemplo. Assim, o novo C3 será mais um modelo da categoria a adotar formas de utilitário esportivo. E isso deve fazer muito bem ao compacto da marca francesa, que apostará alto em conectividade a bordo.

Novo Citroën C3
Citroën/Divulgação

Um dos itens que vai chamar a atenção do público brasileiro é a multimídia no alto do painel. A tela de 10 polegadas terá conexão com os sistemas Android Auto e Apple Carplay. A dúvida que resta é na mecânica. Qual motor terá o novo C3? Espera-se que use o 1.0 Firefly flex de 3-cilindros da Fiat na entrada, e o 1.6 flex de 4-cilindros do Peugeot 208 no topo.


Novo Honda City hatch

Honda City hatches
Honda/Divulgação

A Honda revelou o novo City em novembro, já feito na fábrica de Itirapina, no interior paulista. Entretanto, por ora, a marca comercializa só a carroceria sedã. O City hatch chega em fevereiro de 2022, com entregas a partir de março. Mas o Jornal do Carro já teve um primeiro contato com o modelo e antecipa alguns detalhes.

Primeiro de tudo, a missão é substituir o Fit, algo que muitos clientes da marca não imaginavam que pudesse acontecer. Nesse sentido, aposta em uma cabine ampla, com o mesmo entre-eixos de 2,60 metros do sedã, e uma carroceria mais leve e rígida. Há refinamentos como spray de espuma nas colunas dianteira e central, para isolar a cabine.




Por fora, o design frontal é o mesmo nas duas carrocerias. Já a traseira do hatch é mais curta, e tem visual arrojado e moderno com lanternas de LEDs que invadem a tampa. O porta-malas é um dos pontos críticos na comparação entre os hatches. São 268 litros no City, ou seja, 105 litros a menos que no Fit, que tem 363 litros.

Honda City hatches
Honda/Divulgação

Mas o City hatch vai recompensar com tecnologia. Por dentro, o painel tem duas telas, uma para o quadro de instrumentos, e outra de 8 polegadas para a multimídia, que é bem mais rápida. Além disso, terá o pacote Sensing, com frenagem automática de emergência, assistente de permanência em faixa, farol alto automático e controle de cruzeiro adaptativo.

Por fim, a mecânica. Segundo a Honda, embora mantenha a cilindrada, o motor 1.5 16V DI i-VTEC do New City é completamente novo. Ele conta com sistema de injeção direta de combustível e duplo comando variável de válvulas no cabeçote. Assim, gera 126 cv de potência com ambos os combustíveis, e até 15,8 mkgf de torque com etanol.

Volkswagen Polo

Novo VW Polo hatches
Volkswagen/Divulgação

Com previsão de lançamento para o meio do ano, o novo Volkswagen Polo fecha o pacotão de atrações dos hatches compactos em 2022. O modelo ganhará o visual atualizado do europeu, com alterações concentradas nos faróis e lanternas. Na dianteira, o conjunto ótico tem novos contornos de LEDs, enquanto, atrás, as lentes agora invadem a tampa.

De modo geral, o novo Polo está mais parecido com a oitava geração do hatch médio Golf, que ainda não veio ao Brasil. As mudanças não são só estéticas. O hatch compacto terá o sistema IQ Light de faróis e lanternas inteligentes, com iluminação full LEDs, já presente no SUV Taos. Isso explica os projetores mais modernos que parecem flutuar.

Novo VW Polo hatches
Volkswagen/Divulgação

Na cabine, o Polo 2023 mudará menos e preservará a base do estilo atual. O painel terá, portanto, as mesmas linhas, mas virá com novidades importantes, como um novo cluster para os comandos do ar-condicionado, além do volante que estreou no crossover Nivus, bem como a central multimídia VW Play com tela de 10 polegadas, que terá internet.

Já a mecânica vai mudar pouco. O hatch deve abandonar o motor 1.0 MPI flex de até 84 cv, que ficará para o Polo Track, e trazer o 1.6 MSI flex de até 117 cv com câmbio automático de seis marchas na entrada. Acima, virá o 1.0 turbo TSI de até 128 cv e 20,4 mkgf de torque, conectado ao câmbio AT. Já o Polo GTS 1.4 turbo de 150 cv pode não chegar junto.

Bônus: Fiat Argo 1.0 turbo CVT

Fiat Argo
Fiat/Divulgação

O Fiat Argo teve um ano para ser celebrado em 2021. Com o líder Chevrolet Onix fora de produção por falta de chips, coube ao hatch da marca italiana liderar as vendas, ao lado do Hyundai HB20. Porém, as coisas vão mudar em 2022, e a Fiat precisará reforçar o Argo. E uma das novidades nós já antecipamos: o motor 1.0 turboflex.

Com três cilindros e duplo comando variável, o 1.0 Turbo 200 da Stellantis é o mais potente da cilindrada, com até 130 cv. Já o torque de 20,4 mkgf é o mesmo do 1.0 TSI turbo do Volkswagen Polo. Porém, enquanto o hatch da marca alemã tem câmbio automático de seis marchas, o Argo 2023 terá a nova transmissão CVT com simulação de 7 marchas.

Com esse conjunto, o modelo da Fiat será um dos hatches mais econômicos do mercado, ao lado do novo Honda City. Mas o Argo ainda terá outras novidades. O hatch deverá ganhar um leve facelift que vai incluir a nova multimídia de 10 polegadas do SUV Pulse. O sistema terá internet e serviços conectados com comandos remotos pelo smartphone.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se