Você está lendo...
VW Saveiro terá nova geração, mas só em 2024 e com sistema híbrido flex
Notícias

VW Saveiro terá nova geração, mas só em 2024 e com sistema híbrido flex

Próxima Volkswagen Saveiro já está em desenvolvimento, mas chegará depois dos novos Gol e Voyage, conectada e com sistema híbrido flexível

Diogo de Oliveira

20 de dez, 2021 · 8 minutos de leitura.

Nova VW Saveiro
Projeção do designer Kleber Silva mostra como pode ficar a nova geração da picape Volkswagen Saveiro
Crédito:(Kleber Silva/K Design AG)

O segmento de picapes é um dos que mais vai crescer no Brasil nos próximos anos. Várias marcas estão planejando novos modelos, a maioria com porte intermediário entre as compactas e as médias, para disputar com a Fiat Toro. Assim, logo no início de 2022, a Ford lançará a Maverick, e a GM prepara a Nova Chevrolet Montana, que usará a base do SUV Tracker. Mas e a Volkswagen, o que fará com a Saveiro?

Quando falamos de picapes compactas, a história muda. A nova Fiat Strada chegou em meados de 2020 e é a líder absoluta de vendas do mercado brasileiro em 2021. Com o fim da Montana que era derivada do Prisma, resta apenas a VW Saveiro no segmento. O problema é que a picape da marca alemã está há algum tempo sem renovação. E a nova geração só chegará às ruas dentro de três ou quatro anos.

Os números de vendas não deixam dúvidas de que a Volkswagen precisa se mexer. Em 2021, no acumulado até o mês de novembro, a Strada vendeu exatas 100.041 unidades, ou seja, cerca de quatro vezes mais que a Saveiro, que soma 24.195 emplacamentos no período. Então, antes de mudar por completo, a picape da Volkswagen terá um derradeiro facelift.


Volkswagen Saveiro
VW Saveiro atual não passa por renovação há algum tempo (Felipe Rau/Estadão)

Última cirurgia

Para seguir viva no mercado até por volta de 2024, a Volkswagen vai promover uma última reestilização na Saveiro já em 2022. Conforme apuração do Autos Segredos, publicada em março deste ano, a montadora fará mais uma plástica na atual geração da picape, que ainda usa a plataforma PQ24, lançada em 2001 na 4ª geração do Polo.

Conforme apurou o Autos Segredos, essa atualização será discreta por fora, mas deve alterar também o interior, que pode ganhar, por exemplo, multimídia mais moderna, além de novos equipamentos. Já a mecânica vai aposentar o veterano motor 1.6 flex (EA111), por causa dos novos limites de emissões, e manter só o 1.6 16V MSI, que é mais novo e eficiente.


Nova VW Saveiro
Projeção sugere como será a traseira da nova Saveiro (Kleber Silva/K Design AG)

A nova geração

Tal como detalhamos recentemente no Jornal do Carro, a próxima Saveiro nascerá sobre a nova variante da plataforma MQB. Essa arquitetura estreia em 2023 com o Polo Track e será uma versão atualizada da base atual, mas com foco no baixo custo e eletrificável. Entretanto, esta base não servirá aos carros totalmente elétricos da marca alemã.

Assim, o futuro da Volkswagen Saveiro será híbrido. Ou melhor, híbrido flex. É a tecnologia que a Volkswagen trabalha no momento. A alemã planeja hibridizar toda a sua gama nacional a partir de 2025, já com vistas à fase L8 do Proconve, que, então, exigirá níveis de emissões e consumo hoje inatingíveis nos modelos atuais a combustão.




Há de se considerar o sucesso recente da Toyota com o Corolla Cross híbrido. Em segmentos médios e de luxo, a tecnologia híbrida já começa a se impor nas vendas. Por isso, a marca alemã anunciou neste ano um investimento de R$ 7 bilhões até 2026. Uma parte dele se destinará ao centro de P&D, que lidera o desenvolvimento do sistema.

Por ora, a Volkswagen mantém sigilo sobre o sistema. Mas, tal como contamos no JC, a solução pode vir de uma versão eletrificada do Jetta de 2012. Ela combinava o conhecido motor 1.4 TSI turbo a gasolina a um pequeno propulsor elétrico com 27 cv, que ficava montado entre o motor e o câmbio de sete marchas e dupla embreagem.

Volkswagen Tarok nova Saveiro
Projeção da inédita Volkswagen Tarok (Kleber Silva/K Design AG/Jornal do Carro)

Novo visual e internet a bordo

Restando ao menos três anos até ficar pronta, a nova Saveiro virá com estilo mais imponente e sem a mesma frente do Gol. A expectativa é de que a picape tenha desenho parecido com o da Tarok (projeção acima), a futura picape da Volkswagen com tamanho de Toro. O modelo nascerá do SUV médio Taos e não mais do T-Cross, e virá da Argentina.

Dessa forma, a próxima Saveiro promete ter o estilo recente dos utilitários da VW, com os faróis ainda mais integrados à grade. É algo que também será visto na próxima Amarok, que teve novos sketches revelados no início de dezembro. Já na traseira, a Saveiro 2025 deverá ter lanternas totalmente integradas, como no Nivus e T-Cross.

Por dentro, a picape compacta deverá ter o mesmo painel dos novos Gol e Voyage, previstos para 2023 e 2024. Ou seja, será uma forma de manter também o custo/benefício. Mas a boa notícia é que esses modelos já virão mais modernos, com novas telas mais modernas e conectadas. A essa altura, o trio já terá internet a bordo e serviços conectados na multimídia.


*Agradecemos ao designer Kleber Silva, que cedeu as projeções da nova Volkswagen Saveiro ao Jornal do Carro para ilustrar esta reportagem.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se