As novidades do Salão de Frankfurt 2019

Um dos maiores do mundo, Salão de Frankfurt, na Alemanha, está cheio de novidades na edição 2019

salão de frankfurt
SALÃO DE FRANKFURT ABRE AS PORTAS AO PÚBLICO NO DIA 14 Crédito: Odd ANDERSEN / AFP

Dividindo os holofotes do mundo com o Salão de Paris (que fica com os anos pares), o Salão de Frankfurt, na Alemanha, a cada dois anos, traz novidades das marcas alemãs e também de outras montadoras ao redor do mundo. Neste ano, o evento alemão abre as portas ao público no dia 14 (sexta-feira) e vai até 22 (domingo).

Na edição de 2019 do evento bienal, o tema é New Mobility World (Mundo da Nova Mobilidade), em relação ao novos focos de mobilidade que as marcas estão buscando ou já apresentando durante o evento. Confira as principais novidades da mostra.

Audi – Da marca de Ingolstadt, os principais lançamentos são o esportivos. A marca leva as novas gerações de RS6 Avant e o RS7 Sportback para o Salão. Ela ainda guarda o inédito RS Q8 para a sua coletiva. Menos chamativa, a reestilização dos A5 e S5 também é uma das novidades.

BMW – Da alemã da Bavária, a nova geração do Série 1, que pela primeira vez tem tração dianteira, rompendo com a tradição da marca, é a maior estrela. Ao seu lado, a terceira geração do X6 que traz até a grade frontal iluminada. Da parte lúdida, a BMW mostra um X5 com blindagem para tiros de fuzil 7.62, o X5 Protection VR6 e o X6 Vantablack, com a pintura mais escura do mundo.

Honda – Os japoneses da Honda mostraram o Honda E. O compacto elétrico tem tração traseira e motor elétrico com duas opções de potência 136 ou 154 cv. O torque máximo é de 32,1 mkgf. Ele é capaz de acelerar 0 a 100 km/h em até 8 segundos e a bateria de 35,5 kWh oferece 220 km de autonomia com uma carga. O visual ficou praticamente inalterado em relação ao conceito.

Lamborghini – Os italianos do Grupo VW vem com o Sian. Ele é uma versão “anabolizada” do Aventador SVJ. Com apenas 63 unidades produzidas, será o primeiro híbrido e o Lamborghini mais potente já produzido pela marca. O motor V12 de 785 cv vem associado a um elétrico com sistema híbrido leve de 48V que rende no total 73,4 mkgf e potência combinada de 819 cv.

Land Rover – A nova geração do Defender será uma das estrelas do evento. O modelo virá pela primeira vez com eletrônica robusta que inclui o ‘Terrain Response’, sistema de tração inteligente da marca, suspensão a ar e novos motores.

Mercedes-Benz – Dos alemães de Stuttgart, a principal novidade é o GLB. O modelo já foi apresentado, mas fará sua primeira aparição oficial durante o Salão. Ele é um SUV de sete lugares produzido sobre a plataforma do Classe A. Ele terá motores 1.3 e 2.0 turbo a gasolina. Para a Europa haverá também versões a diesel. Ele está confirmado para o Brasil em 2020. A versão apimentada GLB 35 AMG de 306 cv também estará por lá, bem como os esportivos A45 AMG e CLA 45 AMG.

Mini – Os ingleses da Mini (que pertence a alemã BMW), mostraram a versão de produção do hatch elétrico, o Cooper SE EV. Ele te, 184 cv no motor elétrico e autonomia de 235 a 270 km com uma carga na bateria de íons de lítio. A carga com um cabo convencional chega a 80% em duas horas e meia ou 100% em 3 horas e 30 minutos. Com um ponto de carga rápida são 80% em apenas 35 minutos.

Porsche – A Porsche terá como estrela seu primeiro elétrico, o Taycan. O sedã elétrico chega com duas versões de potência, com nomes um tanto “diferentes”: Turbo e Turbo S. A primeira entrega 680 cv e 85,6 mkgf e a asegunda 761 cv e 101 mkgf no motor elétrico. A tração é sempre integral e o câmbio tem duas marchas. A autonomia chega a até 450 km.

Renault – Com grande antecipação, a novidade da Renault para Frankfurt será o Captur. A versão europeia do SUV é maior e ganhou mais tecnologias, como frenagem automática de emergência e uma opção híbrida plug-in, que carrega as baterias por uma tomada, e que pode rodar no modo elétrico por até 45 km.

Smart – A marca de carros pequeninos que pertence a Mercedes-Benz fez a primeira reestilização ao Smart e iniciou a nova jornada do modelo em Frankfurt. Agora ele é oferecido apenas como um modelo elétrico. Como uma antecipação à próxima geração, o trem de força ficou a cargo da Geely, enquanto o visual é uma responsabilidade da Daimler.

Volkswagen – A marca alemã aposta suas fichas na apresentação do ID.3, o primeiro carro elétrico da família ID. O modelo tem 204 cv de potência, 31,6 mkgf de torque. A velocidade máxima é de 160 km/h, segundo a VW. O pacote de baterias de íons de lítio tem 58 kWh e proporciona 420 km de autonomia com uma carga.

VEJA IMAGENS DO LAMBORGHINI SIÁN, O PRIMEIRO HÍBRIDO DA MARCA ITALIANA:

Ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Notícias relacionadas